Início » Internacional » O mapeamento da cannabis
Cannabis nos EUA

O mapeamento da cannabis

Quatro estados, além de Washington D.C., legalizaram o consumo recreativo da maconha, e mais 21 permitem seu uso com fins medicinais

O mapeamento da cannabis
Os americanos gastam cerca de US$40 bilhões em drogas todos os anos (Reprodução/Internet)

Rapidamente, a cannabis está se legalizando nos Estados Unidos. Quatro estados, além de Washington D.C., legalizaram o consumo recreativo da maconha, e mais 21 permitem seu uso com fins medicinais, de acordo com a legislação específica de cada estado. O Colorado, o primeiro estado que comercializou a maconha para uso recreativo em janeiro de 2014, vendeu cerca de US$600 milhões de cannabis para fins recreativos e medicinais nos primeiros 11 meses, com uma arrecadação de US$68 milhões de impostos para o estado. Mas devido em grande parte a esses impostos e às regras de licenciamento restritivas, custa em torno de 50% a mais para sentir um efeito forte da maconha comprando-a legalmente no Colorado do que na rua (embora a cannabis vendida legalmente talvez seja mais forte).

Os americanos gastam cerca de US$40 bilhões em drogas todos os anos, dos quais cerca de 20% é gasto em cigarros e bebidas alcoólicas. O mercado legal, avaliado em US$2,5 bilhões no ano passado, é apenas uma fração do potencial de crescimento. A maioria dos americanos (52%) aprova a legalização, em comparação com 12% em 1969. É possível que a Califórnia legalize a cannabis em 2016; e, segundo fóruns de discussão do uso recreativo e medicinal da maconha, a legalização federal deverá ocorrer em cinco a dez anos.

Fontes:
The Economist-Mapping marijuana

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *