Início » Internacional » O paraíso dos fumantes pede que as pessoas parem de fumar
COREIA DO NORTE

O paraíso dos fumantes pede que as pessoas parem de fumar

A campanha ganha a participação das mulheres norte-coreanas, que desejam que os homens larguem o vício

O paraíso dos fumantes pede que as pessoas parem de fumar
Segundo relatórios recentes do governo, o país vem reduzindo a quantidade de terra destinada ao cultivo do tabaco (Foto: Pixabay)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Na Coreia do Norte, um homem adulto pode acender um cigarro em quase qualquer lugar. O líder Kim Jong un quase não é visto sem um cigarro entre os dedos, mas agora o país está oficialmente tentando fazer com que as pessoas parem de fumar.

A capital Pyongyang já tentou travar esta batalha antes sem sucesso e não vai ser fácil ganhar desta vez. No entanto, agora, o país conta com um grande suporte: a crescente voz das mulheres norte-coreanas. Quase nenhuma delas fuma, porque o ato é um tabu social para elas. Em toda a Coreia do Norte, há 11 centros antifumo, locais onde se vê uma coisa rara: placas de proibido fumar.

A farmacêutica Ri Yong Ok é quem lidera a causa. Ela comanda um destes centros contra o cigarro. Seu marido, fumante assíduo, quase morreu de câncer de pulmão. Ela estima que 54% dos homens adultos norte-coreanos fumam, uma porcentagem mais alta do que a estimada pela Organização Mundial de Saúde no final de 2014, de 43,9%. Na Coreia do Norte, fumar é proibido para menores de 17 anos.

Segundo relatórios recentes do governo, o país vem reduzindo a quantidade de terra destinada ao cultivo do tabaco. Mas, o cigarro é um grande negócio no país, o que pode dificultar ainda mais a campanha.

No entanto, a campanha da mídia e a pressão das esposas, filhas e namoradas parece estar surtindo efeito, mesmo que pequeno. Homens como Yun Jin estão aparecendo no centro de Ri. Jin disse ter tomado a decisão de parar de fumar depois de vê-la na televisão. “Eu comecei a fumar quando era universitário, e fumo cerca de 10 cigarros por dia”, disse Jin antes de uma consulta no centro de Ri. “Minha mãe quer que eu pare, mas esta decisão é minha”.

Fontes:
Associated Press-NORTH KOREA, A SMOKERS' PARADISE, NOW URGING PEOPLE TO QUIT

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *