Início » Internacional » O polêmico filme sobre o último czar da Rússia
RÚSSIA

O polêmico filme sobre o último czar da Rússia

A polêmica do filme está provocando uma crescente discussão sobre o papel da religião e da liberdade artística na Rússia de Vladmir Putin

O polêmico filme sobre o último czar da Rússia
Diretor Alexei Uchitel em uma coletiva de imprensa (Foto: EPA)

Neste ano que a Rússia celebra o centenário de sua revolução, um filme sobre o último czar está gerando uma grande polêmica antes mesmo de sua estreia nos cinemas. “Matilda”, do diretor russo Alexei Uchitel, recebeu investimento do Ministério da Cultura. A obra conta o caso de amor entre o último cazr Nicolau II e a bailarina Matilda Kshesinskaya. O trailer do filme mostra cenas de amor entre os dois. No entanto, críticos religiosos e conservadores dizem que este caso nunca aconteceu e ainda acusam o filme de insultar a memória do santo czar. Nicolau II foi canonizado pela Igreja Ortodoxa russa em 2000.

Apesar do último czar e sua família terem sidos executados em 1918, atualmente sua imagem está sendo reabilitada. Ramzan Kadyrov, líder da Chechênia, já pediu para o filme ser proibido.

A polêmica do filme está provocando uma crescente discussão sobre o papel da religião e da liberdade artística na Rússia de Vladmir Putin. Em janeiro, o movimento ortodoxo radical Christian State Holy Rus disse que os “cinemas iam queimar” se o filme fosse exibido.

Em 31 de agosto, agressores tentaram iniciar um incêndio no estúdio de cinema do diretor Alexei Uchitel, em São Petersburgo. Duas semanas depois, outra pessoa jogou um micro-ônibus com materiais inflamáveis em um cinema em Ecaterimburgo, cidade onde a família real foi executada. Ninguém se feriu e o agressor foi preso. No dia 11 de setembro, dois carros foram incendiados do lado de fora do escritório de advocacia que representa o diretor em protesto a premier do filme na capital russa. O evento não aconteceu, mas o filme foi reproduzido sob forte segurança em Vladivostok. A previsão é que o filme chegue aos cinemas no dia 26 de outubro.

Fontes:
Washington Times-Religious extremists in Russia try to shut down movie about romance of Czar Nicholas II
The Guardian-Controversial film about last tsar approved for release in Russia
RTP-Amor proibido do czar Nicolau II faz o seu calvário nos cinemas russos

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *