Início » Economia » O preço da segurança
Crise financeira

O preço da segurança

O Congresso norte-americano está sendo pressionado para aprovar a proposta do pacote de socorro às instituições financeiras apresentada pelo Tesouro dos EUA, no valor de US$ 700 bilhões. Os legisladores, no entanto, estão conscientes do custo deste pacote para os contribuintes.

Somando os empréstimos à AIG e ao Bear Stearns, até agora o socorro do Estado às instituições financeiras se aproxima de 6% do PIB dos EUA. Esta porcentagem está bem acima dos 3,7% do PIB gastos na crise do setor de poupanças e empréstimos no final da década de 1980 e início dos anos 1990.

Mas cerca de 6% do PIB ainda é muito menos do que o custo médio de resolução de crises bancárias ao redor do mundo nas últimas três décadas. De acordo com um estudo feito pelo Fundo Monetário Internacional, o custo médio é de 16% do PIB.

Economist 

Fontes:
Economist - Financial crises: The price of safety

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Enézio E. de Almeida Filho disse:

    Pensar que Barack Obama e sua "gang" é que foram responsáveis por toda esta crise econômica dos Estados Unidos, e a grande mídia tupiniquim nem comenta isso. Por quê? De rabo preso com Obama???

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *