Início » Vida » Comportamento » O que transforma líderes visionários em chefes tiranos?
gênios e carrascos

O que transforma líderes visionários em chefes tiranos?

Conhecidos pela genialidade, Jeff Bezos, Steve Jobs e Elon Musk têm fama de tiranos entre seus funcionários. Mas esse comportamento é necessário?

O que transforma líderes visionários em chefes tiranos?
Funcionários de Jobs, Bezos e Musk por vezes relatam casos de irritação excessiva ou crueldade desnecessária por parte dos chefes (Foto: Wikimedia)

Steve Jobs, da Apple, Jeff Bezos, da Amazon, e Elon Musk, da Tesla, são considerados os três maiores visionários da história contemporânea. Verdadeiros gênios da tecnologia, suas criações estão presentes no cotidiano de quase todo mundo.

Porém, além da reputação de gênio, os três também são conhecidos por outra coisa: a fama de carrasco. Funcionários e pessoas ligadas às empresas de Jobs, Bezos e Musk por vezes relatam casos de irritação excessiva ou crueldade desnecessária por parte de seus chefes.

Na Amazon, as explosões de fúria de Bezos ganharam até apelido: “loucuras”. “Nesses momentos ele é capaz de exageros e crueldades que levam a repreender de forma devastadora seus funcionários”.  Alguns exemplos de frases ditas por Bezos em seus momentos de “loucuras” são: “Você é preguiçoso ou só incompetente?”, “Por que você está desperdiçando minha vida?” e “Desculpe, eu tomei minha pílula de estupidez hoje?”.

Mas será que o sucesso extraordinário desses três homens está de alguma forma ligado ao comportamento cruel e a forma rude como tratam as pessoas? Para biógrafos, a resposta é não. “O comportamento desagradável de Jobs não era necessário. Atrapalhou mais do que ajudou”, diz Walter Isaacson, um dos biógrafos de Steve Jobs.

Na verdade, funcionários tendem a render mais quando se sentem confortáveis no ambiente de trabalho. Um estudo feito pela Energy Project, consultora americana que analisa relações de trabalho, mostrou que o respeito e a estima estão diretamente ligados ao bom desempenho de um funcionário.

Mas por que, então, homens brilhantes como Jobs, Musk e Bezos se comportam de forma tão destrutiva? Em primeiro lugar, porque podem. Os funcionários sempre estão dispostos a se sacrificar para trabalhar para um visionário. “Muitas pessoas que entrevistei para escrever o livro elogiaram Musk como se estivessem falando de um super herói, mesmo as que foram demitidas por ele”, diz o biógrafo de Ashlee Vance, autor de Elon Musk: Tesla, Space X and the Quest for a Fantastic Future.

Outro fator que contribui para o comportamento tirano é o sucesso financeiro e o poder que ele dá de passar por cima das regras de civilidade e até mesmo de humanidade. Jobs, por exemplo, costumava dirigir sem carteira de motorista e estacionar em vagas para deficientes. “Acho que ele sentia que era livre para fazer isso, que as regras de convívio social não se aplicavam a ele”, diz Jonathan Ive, chefe de design da Apple.

Fontes:
The New York Times-The Bad Behavior of Visionary Leaders

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *