Início » Internacional » Obama pede liberação de US$ 6 bilhões para combater o ebola
Epidemia

Obama pede liberação de US$ 6 bilhões para combater o ebola

Presidente americano acredita que a epidemia foi apenas contida e não extinta. Verba seria destinada a pesquisas e ações imediatas de combate

Obama pede liberação de US$ 6 bilhões para combater o ebola
Parte da verba seria utilizada em auxilio dos países africanos que mais sofreram com a epidemia (Foto:Reprodução/Internet)

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, requisitou ao Congresso US$ 6,18 bilhões para combater o surto do vírus ebola. Segundo Obama, a doença não pode ser esquecida, pois o combate a ela ainda não foi vencido.

Leia mais: Cientistas estão mais perto de criar vacina contra ebola
Leia mais: Médico de Serra Leoa morre nos EUA com ebola
Leia mais: Três novos tratamentos contra ebola serão testados em dezembro

O vírus, que se alastrou pelo mundo, começou sua propagação no oeste do continente africano. Guiné, Libéria e Serra Leoa foram os três países onde o surto foi mais grave, tendo 17 mil pessoas contraído o ebola. Mais de 6 mil morreram.

“Cada foco é uma brasa que, se não for contida, pode se tornar um novo incêndio. Por isso, não podemos baixar a guarda nem por um minuto. Não podemos apenas lutar contra essa epidemia. Temos de extingui-la”, afirmou o líder americano.

Parte da verba seria destinada a auxiliar os países africanos em estruturar seu sistema de saúde para, desse modo, impedir outros surtos graves da doença. As pesquisas básicas sobre o vírus também precisam ser financiadas. A maior parte da verba é destinada a ações imediatas para extinguir a epidemia.

Essas medidas são um meio de amenizar as críticas em relação ao procedimento no caso de Thomas Eric Duncan, primeiro paciente da doença diagnosticado nos EUA. Duncan morreu no dia oito de outubro e duas enfermeiras adquiriram a doença ao tratarem dele.

A partir do caso Duncan, ocorrido em Dallas, o país se preparou para receber os pacientes do vírus. As triagens ficaram mais rígidas e o número de hospitais equipados para conter a epidemia subiu de três para 35.

Fontes:
Folha-Obama pede que Congresso libere US$ 6 bi para combate ao ebola

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *