Início » Internacional » Odebrecht é expulsa do país
Equador

Odebrecht é expulsa do país

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O presidente do Equador, Rafael Correa, decretou o embargo dos bens da Odebrecht e proibiu que funcionários da empresa deixem o Equador.

Segundo declarações do ministro equatoriano de Setores Estratégicos, Derlis Palacios, a medida significa a expulsão da empresa do país.

O ministro das Relações Exteriores brasileiro, Celso Amorim, disse acreditar que o embargo do governo do Equador e a proibição de que funcionários da companhia saiam do país será ''discutido e resolvido'' nos próximos dias.

Fontes:
O Globo - Crise com Odebrecht será 'resolvida nos próximos dias', diz Amorim

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. EDVALDOTAVARES disse:

    COMO É DIFÍCIL FORMAR UM BLOCO UNIDO SULAMERICANO. O único país em franco desenvolvimento que há anos faz a proposta avançada da formação de uma união de nações voltadas para o crescimento geral é o Brasil. Como é difícil a união de estados soberanos pouquíssimos desenvolvidos. Será que o Brasil terá sempre de carregar o continente sozinho? Quando é que esses paisécos do entorno continental entenderão que precisam se unir para subsistir num mundo globalizado? O que estamos presenciando com o Equador se assemelha a mais uma atitude aplicada por uma republiqueta subdesenvolvida, à semelhança da Bolívia e à da que será a próxima, Paraguai. Rafael Correia, do Equador, está armando o golpe para dar o calote no empréstimo do BNDES. São todos países de trambiqueiros. Que azar, hein? Como é que o Brasil vai se meter com essa corja de países. O Brasil está cercado de uma plêiade de nações do mais baixo nível. Paciência! BRASIL ACIMA DE TUDO! SELVA! EDVALDOTAVARES. MÉDICO. BRASÍLIA/DF.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *