Início » Internacional » OMC se reúne para discutir influência protecionista da crise
Internacional

OMC se reúne para discutir influência protecionista da crise

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Em reunião nesta segunda-feira, 9, o grupo de países da Organização Mundial do Comércio discutiu a questão do protecionsimo, estimulado pela crise econômica mundial. O Brasil, por exemplo, pensa em recorrer à OMC contra o plano dos EUA de obrigar empresas norte-americanas, que têm ajuda governamental, a priorizar fornecedores domésticos.

Entre os assuntos da reunião, estaria o relatório de janeiro do diretor-geral da OMC, Pascal Lamy, no qual ele disserta sobre os países que ignoraram o apelo, feito em novembro pelo G20, contra o aumento das barreiras comerciais. Apesar de a crise afetar a todos os membros da OMC, Lamy acredita que os países em desenvolvimento são os mais vulneráveis, uma vez que o crescimento desses depende do comércio exterior.

A discussão sobre protecionismo tem sido um dos obstáculos para que Obama aprove seu pacote de ajuda financeira nos EUA. Segundo a coluna da Miriam Leitão, no jornal O Globo desta segunda-feira, as barreiras vão aumentar justamente nos Estados Unidos. Eles estabeleceram que as compras governamentais só podem acontecer com produtos produzidos nos EUA e isso fere acordo firmado na OMC. O Brasil não poderá reclamar porque não assinou esse acordo na Organização. Somente a União Europeia e o Japão, que assinaram, teriam este direito.

 

Fontes:
Estadão - OMC faz reunião para avaliar sinais de onda protecionista

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *