Início » Internacional » OMS declara que Guiné está livre do ebola
EBOLA

OMS declara que Guiné está livre do ebola

O país entra agora em uma fase de alerta total, que vai durar mais três meses

OMS declara que Guiné está livre do ebola
A esperança do governo é que, com o fim da doença, a economia do país se recupere com a retomada do comércio (Foto: Pixabay)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Nesta terça-feira, 29, a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou que o epicentro da epidemia do ebola, a Guiné, está “livre do vírus”, depois de mais de US$ 1,1 bilhão em investimentos para conter o surto. O país africano foi o primeiro a registrar um caso da doença.

Leia mais: Libéria volta a registrar caso de ebola, após se declarar livre de surto
Leia mais: Cientistas acreditam que sobreviventes curados podem transmitir ebola

Após dezembro de 2014, quando a doença foi detectada pela primeira vez na região, o ebola se alastrou para Libéria e Serra Leoa, causando mais de 11 mil mortos, além de 28 mil contaminados.

A Guiné entra agora em uma fase de alerta total, que vai durar mais três meses. O objetivo é impedir que um novo caso apareça. “Vamos ter de continuar a monitorar a situação”, disse o ministro da Saúde de Guiné, Remy Lamah.

A esperança do governo é que, com o fim da doença, a economia do país se recupere com a retomada do comércio. Afinal de contas, países como a China passaram a impedir a entrada de pessoas da Guiné, afetando os negócios e derrubando um PIB já degastado.

Fontes:
O Estado de S.Paulo-OMS declara fim do ebola no 'epicentro' da epidemia
Globo.com-OMS declara fim da transmissão de ebola na Guiné

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *