Início » Internacional » OMS revela que Pequim e Nova Déli não são as cidades com o ar mais poluído
POLUIÇÃO DO AR

OMS revela que Pequim e Nova Déli não são as cidades com o ar mais poluído

Apesar de serem conhecidas pela grande poluição do ar, OMS sugere que a cidade iraniana de Zabol tem os piores indicadores de qualidade do ar

OMS revela que Pequim e Nova Déli não são as cidades com o ar mais poluído
Mesmo com a grande poluição no ar, Deli e Pequim não apresentam os piores índices (Foto: Wikipedia)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Um novo relatório divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que a cidade com o ar mais poluído do mundo não é Pequim, na China, ou Nova Déli, na Índia – ambas conhecidas pela elevada poluição do ar. O relatório sugere que Pequim e Déli são apenas “a ponta do iceberg”. Segundo o estudo, a cidade de Zabol, no Irã, é possivelmente a que tem o ar mais poluído.

No entanto, o estudo não conclui que Zabol é a cidade com o ar mais poluído, devido ao fato das cidades não coletarem dados suficientemente bons para serem medidos e de análises dependerem da maneira em que é medida a poluição.

Quando cientistas estudam a qualidade do ar, eles observam o tamanho das partículas encontradas no ar. Geralmente, o foco é maior em partículas do tamanho PM2,5 – cerca de um trigésimo menor que a espessura de um cabelo humano. Essas partículas preocupam por conseguirem entrar no pulmão e no sangue, além de causarem outros sérios problemas de saúde. Entretanto, também há a medição de partículas PM10, que são maiores, mas também provocam problemas de saúde.

Ao avaliar dados sobre as partículas PM2,5, a cidade de Zabol é a que tem a maior concentração. Com mais de 100 mil habitantes, a cidade localizada no leste do país, na fronteira com o Afeganistão, é conhecida por seus “ventos de 120 dias”, uma longa tempestade de areia sob um verão quente e seco. Atrás de Zabol no ranking estão Gwalior e Allahabad, duas cidades indianas, e Ríade, capital da Arábia Saudita. Déli é apenas a 11ª na lista e Pequim aparece somente na 57ª posição.

Já em relação às partículas PM10, o cenário muda. A cidade de Onitsha, na Nigéria, aparece no topo da lista. Mesmo assim, Zabol aparece na terceira posição do ranking, depois de Peshawar, no Paquistão. Nesse ranking, Déli aparece na 25ª posição e Pequim na 153ª.

Apesar da classificação relativamente baixa de Déli, diversas cidades indianas aparecem nas listas da OMS, expondo o grande problema que o país enfrenta com a poluição do ar.

Fontes:
Washington Post-The most polluted city in the world isn’t Beijing or Delhi

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Roberto1776 disse:

    Resumindo, quem polui mesmo são países do quinto dos infernos, como Irã, Nigéria, China, Índia e similares. Quando o predador natural do homo sapiens, as bactérias, foi domado pelos antibióticos, o mundo se descontrolou. A correção, a pilula, levou quase 30 anos para aparecer e foi, claro, extemporânea. A explosão e o descontrole já havia acontecido. Agora é tarde para corrigir, embora a natureza se esforce de maneira hercúlea para controlar a população através dos vírus, mas o homem já venceu esta batalha. E não foi por falta de aviso. Em 1970 James Lovelock, mesmo com seus exageros não convenceu àqueles precisavam ser convencidos. Lamentável o mundo que estamos deixando para as novas geração.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *