Início » Internacional » OMS tira transexualidade da lista de doenças mentais
SAÚDE

OMS tira transexualidade da lista de doenças mentais

A chamada incongruência de gênero passa a ser listada como condição de saúde sexual

OMS tira transexualidade da lista de doenças mentais
O documento ajuda a identificar tendências e estatísticas de saúde ao redor do mundo (Foto: Pixabay)

A Organização Mundial de Saúde (OMS) retirou a transexualidade da lista de doenças mentais e passou a identificá-la como condição de saúde sexual. Chamada de incongruência sexual, a transexualidade ocorre quando o gênero vivido por uma pessoa é diferente do gênero atribuído a ela.

A nova Classificação Internacional de Doenças (ICD-11) foi divulgada na última segunda-feira, 18. O documento ajuda a identificar tendências e estatísticas de saúde ao redor do mundo, com cerca de 55 mil códigos para doenças e causas de morte. A nova versão levou mais de uma década para ser feita. O documento anterior era o ICD-10, publicado em maio de 1990.

Com a transexualidade ainda no CID, o Sistema Único de Saúde (SUS) pode continuar cobrindo as cirurgias de mudança de sexo e outras terapias relacionadas.

O ICD-11 vai ser apresentado na próxima Assembleia Mundial de Saúde em maio de 2019. A classificação passa a valer a partir do dia 1º de janeiro de 2022. A divulgação do documento ocorre com antecedência para que os países planejem como vão usar a nova versão.

Leia também: OMS reconhece vício em videogame como doença mental

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. AjaxReport disse:

    Obrigado por esse relato, Cel Rinaldo.customer essay

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *