Início » Internacional » MSF recusa doações da União Europeia
PROTESTO

MSF recusa doações da União Europeia

ONG protesta contra as políticas europeias sobre migrações

MSF recusa doações da União Europeia
Secretário-geral da MSF, Jerome Oberreit (Fonte: Reprodução/EPA)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Em protesto contra as políticas europeias sobre migrações, a ONG Médicos Sem Fronteira (MSF) anunciou nesta sexta-feira, 17, que não vai mais receber doações da União Europeia e dos países-membros do bloco.

Em entrevista à agência de notícias Reuters, o secretário-geral da ONG, Jerome Oberreit, disse que “o acordo UE-Turquia é o último numa longa linha de políticas que vão contra os princípios fundamentais que permitem o apoio a pessoas em necessidade extrema […] Isto põe em risco o próprio conceito de refugiado”.

Em um acordo alcançado em março, a Turquia concordou em travar a passagem de refugiados por seu território em troca de ajuda financeira e de avanços nas negociações de adesão à União Europeia.

Ainda de acordo com Oberreit, a MSF vai perder 56 milhões de euros de financiamento, sendo 37 milhões dos países e 19 milhões das instituições europeias. A falta de fundos será suprida inicialmente com reservas de emergência.

“É importante ver as pessoas reais em vez do joguete político em que se transformaram”, ressaltou Oberreit, que afirmou ainda que o acordo com a Turquia não fez nada para resolver o problema, apenas permitiu à Europa fugir às suas obrigações. O secretário-geral da MSF ressaltou que a UE está em negociações com outros 16 países para levar adiante esta política.

Fontes:
Diário de Notícias - Médicos Sem Fronteiras rejeitam dinheiro da UE por causa de acordo com Turquia

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. KATIA NHAIARA disse:

    É preciso coragem para tomar uma decisão destas! Parabéns! A diferença há de ser suprida por outras fontes!

  2. Jodefina disse:

    Acho muito bem! Espero é que o apoio que os MSF dão não fique comprometido, para bem dos refugiados. Os burocratas que condicionam as políticas europeias estão dando um tiro no pé, pois o problema só vai agravar e as consequências serão desastrosas. Parece-me que a elite não quer ver o problema e vai acabar criando um ainda maior.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *