Início » Internacional » ONU: 70 anos e um gasto de US$ 500 bilhões
Nações Unidas

ONU: 70 anos e um gasto de US$ 500 bilhões

Um balanço dos problemas da ONU, que está prestes a completar 70 anos criticada pela burocracia e por ações antidemocráticas de seu Conselho de Segurança

ONU: 70 anos e um gasto de US$ 500 bilhões
Há 10 anos, a ONU lançou um grande programa de reforma (Foto: Wikimedia)

No próximo dia 24 de outubro a Organização das Nações Unidas (ONU) completa 70 anos de existência. Com a aproximação da data, vem o balanço das imperfeições da ONU e a forma como a organização lida com elas para definir seu papel no século XXI.

Criada em 1945, a ONU teve um papel determinante no cenário global. Não há dúvidas de que ela salvou milhares de pessoas de diferentes problemas, como a fome e a pobreza extrema. Ela também salvou crianças da morte por doenças tratáveis e refugiados deslocados por conflitos entre EUA e URSS na África e na Ásia. O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), deu educação e uma vida melhor a milhares de crianças, incluindo o atual secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

Ainda assim, a ONU é acusada de ser um antro de ditadores. Ela carrega uma enfurecedora burocracia, uma dissimulação da corrupção quase institucional e um Conselho de Segurança antidemocrático, que vai à guerra em nome da paz, mas se torna espectador de genocídios. Além disso, em seus 70 aos de existência, a organização gastou US$ 500 bilhões de dólares.

E enquanto os gastos operacionais sobem, acirra-se a tensão entre governos ocidentais, que veem a ONU como uma organização inchada e ineficiente, e países em desenvolvimento, que a acusam de ser um órgão antidemocrático e dominado pelos países ricos.

Hoje, as despesas da ONU são 40 vezes mais altas do que na década de 1950. A organização abrange 17 agências especializadas, 14 fundos e um secretariado com 17 departamentos que empregam 41 mil pessoas.

Mas isso é apenas uma pequena parte das despesas. Os maiores gastos provêm das missões de paz da organização, que têm um custo de US$ 9 bilhões por ano e agrega 120 mil capacetes azuis, a maioria em missões na África. Algumas dessas missões duram mais de uma década.

Há 10 anos, a ONU lançou um grande programa de reforma. Uma comissão elaborou um relatório com críticas devastadoras à organização. O documento corrobora as críticas de que a ONU falha em fornecer ajuda aos mais necessitados e descreve a gestão da organização como “ineficaz e ineficiente”.

Segundo o relatório, a ONU investe mais na criação de metas do que na apresentação de resultados. A comissão também critica a forma de arrecadação da organização, que ano após ano precisa mendigar por verba a governos.

Mas as mudanças ainda parecem distantes. “Onde estão as conversas sobre o que será a ONU partir de 2015? Quais serão as atividades principais da ONU que vão receber a maior parte dos fundos da organização?”, questiona a ex-ministra britânica Valerie Amos.

Fontes:
The Guardian-70 years and half a trillion dollars later: what has the UN achieved?

2 Opiniões

  1. Áureo Ramos de Souza disse:

    E O QUE A ONU VEM FAZENDO EM PROL DOS REFUGIADOS SÍRIOS E AFRICANOS?

  2. ney disse:

    As obrigações que a ONU impõe no mundo são impopulares desumano e de cunho satânico, esta instituição deixou o planeta pior.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *