Início » Internacional » ONU vai ajudar guerra às drogas no Irã, que enforca condenados por crimes de drogas
ajuda polêmica

ONU vai ajudar guerra às drogas no Irã, que enforca condenados por crimes de drogas

Ativistas acusam países europeus de hipocrisia, por condenar a pena de morte, mas financiar o combate às drogas onde se usa a forca contra crimes de drogas

ONU vai ajudar guerra às drogas no Irã, que enforca condenados por crimes de drogas
Irã enforcou 753 criminosos em 2014, metade deles por crimes relacionados às drogas (Reprodução/AFP)

O Irã está prestes a receber do Escritório da ONU sobre Drogas e Crimes (UNODC, na sigla em inglês) um pacote milionário que irá ajudar o país por cinco anos na luta contra o narcotráfico.

Porém, a ajuda financeira da organização está sendo duramente criticada por ativistas que pedem o fim da pena de morte. Isso porque, levando em conta o tamanho de sua população, o Irã é líder mundial em execuções de condenados.

Segundo o relator especial da ONU para o Irã, Ahmed Shaheed, somente no ano passado, o país enforcou 753 condenados, metade deles por crimes relacionados às drogas.

Por conta disso, organizações de direitos humanos pedem que a ONU que não financie a guerra contra o narcotráfico no país, até que o governo de Teerã deixe de aplicar a pena de morte para crimes de uso e tráfico de drogas.

“O Irã enforcou mais de 100 pessoas supostamente por crimes relacionados às drogas, e a ONU responde a isso elogiando sua eficiência e presenteando o país com um generoso pacote de cinco anos?”, questiona Maya Foa, chefe de planejamento estratégico da Reprieve, organização que luta pelo fim da pena de morte.

Os principais alvos das críticas são os países europeus, maiores financiadores do pacote. Segundo Maya, os europeus condenam a pena de morte, mas financiam o combate às drogas onde os condenados por esse crime são enforcados em praças públicas. Para Maya, trata-se de “uma hipocrisia cara e insustentável”, que não tem apresentado resultados.

Para Danny Kushlick, fundador do grupo Transform Drug Policy, que luta pela regulamentação do uso de drogas no Reino Unido, a pena de morte é fruto de uma guerra global contra as drogas que serve apenas para desumanizar pessoas envolvidas em comércio e uso de drogas. “O UNODC parece trabalhar fora do ritmo em relação a outras agências da ONU”, critica Kushlick.

Fontes:
The Guardian-UN to fund Iran anti-drugs programme despite executions of offenders

1 Opinião

  1. Áureo Ramos de Souza disse:

    POR SER UMA DROGA, FICA COMPLICADO PARA QUE LADO FIQUE

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *