Início » Internacional » Opositor Mauricio Macri é eleito presidente da Argentina
FIM DA ERA KIRCHNER

Opositor Mauricio Macri é eleito presidente da Argentina

Vitória de Macri coloca fim a 12 anos de kirchnerismo na Argentina

Opositor Mauricio Macri é eleito presidente da Argentina
Macri comemora a vitória com sua mulher, Juliana Awada, e filha, Antonia (Fonte: Reprodução/Cambiemos /via AFP Photo)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O candidato opositor Mauricio Macri, de 56 anos, foi eleito neste domingo, 22, o novo presidente da Argentina. Com 99,17% da apuração concluída, Macri tinha 51,40% dos votos, contra 48,60% do candidato governista Daniel Scioli, apoiado pela presidente Cristina Kirchner.

Atual prefeito da capital Buenos Aires, ex-presidente do clube Boca Juniors e líder de uma frente de centro-direita, Macri vai assumir a presidência no próximo dia 10 de dezembro e governar por quatro anos, colocando fim a 12 anos de kirchnerismo na Argentina.

A vitória de Macri foi reconhecida por seu adversário ainda na noite deste domingo, com 68,67% dos votos apurados. De acordo com o jornal Clarin, Daniel Scioli telefonou para Macri e admitiu a derrota. Os dois candidatos são amigos e Scioli teria afirmado que o adversário era um “justo ganhador”.

Esta foi a primeira vez na história da Argentina em que uma eleição presidencial foi decidida no segundo turno.

Após a confirmação da sua vitória, Macri discursou, agradeceu e pediu o apoio dos que não votaram nele, afirmando que governar requer respaldo e que “é para melhorar a vida de todos”.

Durante a campanha eleitoral, Macri, que é líder da coalizão “Cambiemos”, se apresentou como a “verdadeira mudança”. O presidente eleito defende a abertura de investimentos estrangeiros, a diminuição da inflação para um dígito em dois anos e o levantamento dos limites das exportações do setor agropecuário. Macri também promete chegar à “pobreza zero” com crescimento e obras de infraestrutura na Argentina.

Fontes:
G1 - Macri é eleito presidente da Argentina e põe fim a 12 anos de kirchnerismo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. ney disse:

    Isso vai aproximar a Argentina do imperialismo Americano, um futuro sombrio.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *