Início » Cultura » Os blockbusters versus a estatueta dourada do Oscar
Oscar

Os blockbusters versus a estatueta dourada do Oscar

Os ganhadores do Oscar de melhor filme abordam quase sempre temas sérios, além de serem produzidos com orçamentos modestos

Os blockbusters versus a estatueta dourada do Oscar
O filme Birdman, ganhador do Oscar 2015 de melhor filme, teve um orçamento de US$ 22 milhões (Reprodução/Internet)

Os maiores sucessos de bilheteria de Hollywood, que atraem público no mundo inteiro são em geral filmes caros, que causam impacto emocional e têm muitos efeitos especiais. Mas esses espetáculos populares não recebem o prêmio mais ambicionado da cidade: os ganhadores do Oscar de melhor filme abordam quase sempre temas sérios, além de serem produzidos com orçamentos modestos (apesar de exceções como o Titanic).

Os oito indicados ao prêmio este ano, com a festa tradicional do tapete vermelho no domingo, 22 de fevereiro, incluíam filmes sobre a guerra no Iraque, doença neurológica, Martin Luther King e homossexualidade. Foram filmes baratos pelos padrões de Hollywood: o custo médio de produção foi de U$21 milhões, em comparação com os U$153 milhões dos oito filmes de maior bilheteria de 2014, segundo os cálculos da Economist. Além do prestígio, o filme que ganha um Oscar é exibido por mais tempo nos cinemas e tem uma bilheteria maior. A pequena estátua dourada é sinal de riqueza futura.

 

grafico oscar

O custo médio de produção dos indicados foi de U$21 milhões, em comparação com os U$153 milhões dos oito filmes de maior bilheteria de 2014 (Reprodução/Economist)

Fontes:
Economist-The bad and the beautiful

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *