Início » Internacional » Os cinco motivos de Putin para justificar a anexação da Crimeia
LEGITIMANDO A ADESÃO

Os cinco motivos de Putin para justificar a anexação da Crimeia

Veja os cinco motivos dados pelo presidente russo, Vladimir Putin, para justificar sua decisão de anexar a Crimeia ao território russo

Os cinco motivos de Putin para justificar a anexação da Crimeia
Transferir a Crimeia para o domínio da Ucrânia em 1954 foi um erro, disse Putin (Reprodução/Getty)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, listou nesta terça-feira, 18, cinco motivos para justificar a legitimidade da adesão da Crimeia ao território russo. Veja abaixo as razões dadas pelo mandatário:

Leia também: Vladimir Putin assina anexação da Crimeia
Leia também: Putin aprova pedido de adesão da Crimeia

1) Devolver a Crimeia para a Rússia corrige um erro histórico

Putin declarou que transferir a Crimeia para o domínio da Ucrânia, em 1954, foi um erro que pode ser corrigido apenas com a anexação da península.

Segundo o presidente russo, quando o ex-líder soviético Nikita Krushchev entregou a Crimeia para a Ucrânia ninguém esperava que União Soviética fosse se fragmentar. Quando isso aconteceu, a Crimeia continuou como território ucraniano. “O que era inacreditável até então aconteceu. Um grande país deixou de existir”, disse Putin.

2) A Crimeia precisa fazer parte de um Estado forte e estável

Putin afirmou que não há uma liderança clara na Ucrânia, o que coloca em risco as pessoas que moram na Crimeia, cuja população é predominantemente russa.

3) A Rússia não pretende anexar nenhum outro território da Ucrânia

Apesar de soldados russos estarem espalhados pela fronteira com a Ucrânia, Putin afirmou que a Rússia não tem interesse em nenhum outro território do país além da Crimeia.

O presidente russo disse estar preocupado com a população de origem russa na Crimeia, onde manifestantes pró-Rússia e pró-Ucrânia se enfrentaram recentemente. Já o governo ucraniano diz que a Rússia enviou pessoas para causar problemas na região.

4) O Ocidente ultrapassou o limite ao apoiar o novo governo de Kiev

Putin disse que o Ocidente é hipócrita em apoiar o novo governo de Kiev, que, segundo ele, chegou ao poder através de golpe de Estado.

Para o presidente russo, essa ação derruba qualquer argumento contra o referendo sobre a separação da Crimeia, bem como a anexação do território pela Rússia. O Ocidente não reconhece o resultado do referendo e diz que tudo ocorreu de forma ilegal.

5) A Rússia não está preocupada com as sanções ocidentais

Segundo Putin, as modestas sanções aplicadas na última segunda-feira, 17, a alguns membros do governo não incomodam a Rússia.

Muitos dos que foram alvos das sanções riram do ocorrido, afirmando que não têm nenhum bem financeiro no exterior e que as sanções terão pouco efeito.

Fontes:
The Wall Street Journal-5 REASONS PUTIN GAVE FOR ANNEXING CRIMEA

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

4 Opiniões

  1. helo disse:

    Mesmo que as razões fossem corretas, elas perderam a força pela forma truculenta e autoritária adotada pelo governo de Putin. Se as sanções ocidentais nada representam para a Russia, a truculência terá um alto custo para a Russia e seus vizinhos. Putin pensou em irritar o ocidente e se esqueceu que o perigo está na sua fronteira leste. Lá pouco se fala, mas muito se faz. Putin, o imperador, se perde em sonhos do passado e se esquece das mudanças dos poderes globais.

  2. edvaldo disse:

    Os EUA e seus aliados invade o Iraque, Líbia Afeganistão e outros passa por sima da ONU agora querem ter moral esta certo Putin,a Crimeia pertence a Russia

  3. marcelo disse:

    eu achei muito interessante mas não vou mais ler isso vlw

  4. Ricardo da Silva disse:

    Bom, ao meu ver entendo que Putin está corrigindo um erro do passado quando a Crimeia foi cedida a Ucrania pelo presidente Nikita além de cuidar da segurança do Russos que nessa terra se habita e por fim por ser estratégico para uma possível guerra até porque cada estado tem que se proteger estrategicamente da melhor forma possível. Quanto as sansões encabeçada pelo USA demonstra o quanto Eles querem dominar o mundo, é só lembrar que as ultimas guerras como a do Iraque Ele passou por cima da ONU OTAM e não provou nada simplesmente ganha dinheiro promovendo Guerras e conquistando espaços. Essa é minha humilde opinião.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *