article image
Cidades e crescimento

Os problemas e benefícios da urbanização em larga escala

fonte | A A A

Nos últimos 30 anos, a população urbana mundial aumentou de 1,6 bilhão de pessoas, para 3,3 bilhões. A expectativa para os próximos 30 anos é que este número cresça mais 2 bilhões nas cidades dos países emergentes. Muitos países têm dúvidas quanto à capacidade de enfrentar o problema da urbanização em grande escala. Para alguns governos, a solução seria desacelerar o processo para minimizar a revolta social.

Em janeiro deste ano, quando uma tempestade de neve interrompeu os transportes em todo o sul da China, cerca de 200 milhões de pessoas transitavam pelas estações de trem e estradas do país. A maioria era formada de trabalhadores migrantes que viajavam das cidades onde trabalham para o interior onde tinham familiares, ou vice-versa. O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, alertou em um Fórum de Urbanização Mundial que cerca de 2 bilhões de pessoas poderão estar morando em favelas em 2030.

O medo de uma concentração urbana exagerada está refletindo nas políticas de decisão de diferentes países. A Arábia Saudita, por exemplo, está gastando bilhões em "novas" grandes cidades para diminuir o acúmulo em Jeddah e Riyadh. No Egito, 20 novas cidades estão sendo construídas para distribuir as pessoas para fora do Cairo. Cidade do México, São Paulo e Shangai têm hoje mais de 15 milhões de pessoas, enquanto Paris e Londres, depois do seu surto de crescimento no século XIX, tinham menos da metade disso. A população média das 100 maiores cidades do mundo excede 6 milhões. Em 1900, a média era de somente 700 mil pessoas.

De volta ao topo comentários: (3)

Sua Opinião

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Estado

Cidade

  1. Lucas Muniz '" disse:

    Os problemas da urbanização brasileira “Desvantagem”..devemos tomar conhecimento e providenciaa,… para que juntos possamos melhoras a nossa sociedade.

    Exemplo é a falta de emprego , pelo crescimento exagerado da população… apesar de ter crescido no mercado de trabalho vagas de emprego,a mal qualificação das pessoas estão deixando pessoas de fora.

    A desigualdade social; o brasil sendo um pais com maior contraste de raça. cor … vem dai a discriminação das pessoas .

    violência e criminalindade…

  2. Markut disse:

    Este fenômeno do crescimento vertiginoso e irreversivel da população urbana é algo que já vem sendo detectado há um certo tempo e, no entanto, não se vê, nem urbanistas, nem o poder constituido atentarem ,com a devida e necessária ênfase, para este grave problema social.
    Criar mais cidades, sem um plano urbanístico, econômico e social adequado será, simplesmente extender o fenômeno da favelização.
    É o momento de sociólogos, arquitetos, urbanistas,
    e demais cabeças pensantes se conscientizarem de que estamos vivendo um momento crítico e que é vital debruçarmo-nos ,todos, sobre esse problema.

  3. Dorival Silva disse:

    A China é um desastre humanístico, político, urbanístico e ecológico. Está se enriquecendo às custas da destruição do meio ambiente e do terrivel aumento da taxa de câncer da população.