Início » Internacional » Osama bin Laden está morto
Terrorismo

Osama bin Laden está morto

Terrorista morreu durante operação militar em Abbottabad, no Paquistão

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A emissora de TV norte-americana CNN anunciou na noite desse domingo, 01 de maio, que o terrorista Osama bin Laden está morto. De acordo com informações fornecidas pelo governo norte-americano, o cadáver de bin Laden está em posse dos Estados Unidos. O terrorista teria morrido em uma mansão na cidade paquistanesa de Abbottabad, durante uma operação militar norte-americana.

A notícia da morte de bin Laden surge quase dez anos após os atentados terroristas de 11 de setembro de 2001 no qual aviões foram usados para atingir as torres gêmeas do World Trade Center, em Nova York, e o Pentágono, em Washington. Líder da rede terrorista al-Qaeda, Osama bin Laden era visto como mentor dos ataques.

Nascido na Arábia Saudita, em março de 1957, Osama bin Laden participou, na década de 1980, do esforço jihadista no Afeganistão como voluntário, financiando e organizando grupos de mujahideen e acampamentos de milícias armadas no combate aos invasores soviéticos. Em 1995, após um atentado mal sucedido contra a vida do então presidente do Egito, Hosni Mubarak, o governo do Sudão, sob pressão dos países árabes, expulsou-o do país.

Bin Laden foi então para o Afeganistão, onde passou a dedicar-se integralmente à causa islâmica, unindo forças com outros grupos refugiados no país. Aproximou-se dos Talibãs, grupo ironicamente financiado pelos Estados Unidos da América e Arábia Saudita, e tornou-se amigo e confidente do seu chefe, o Mulá Omar. Do Afeganistão, bin Laden planejou e coordenou ataques de grande repercussão às embaixadas norte-americanas no Quênia e na Tanzânia, em 1998, e ao navio de guerra USS Cole, em 2000, e tornou-se o terrorista mais procurado pelos Estados Unidos.

Entre 2001 e 2008, bin Laden, que estava escondido, apareceu em diversas mensagens de vídeo, quase sempre veiculadas pela rede de TV Al-Jazeera, nas quais convocava muçulmanos a combater os Estados Unidos e Israel, e ameaçava dar continuidade à Jihad por meio de novos atentados.

Antes da meia-noite (horário de Washington) uma multidão já se aglomerava nos portões da Casa Branca, para celebrar a morte do terrorista. O presidente norte-americano, Barack Obama, fez um pronunciamento oficial, relembrando as 3 mil vítimas dos atentados, e destacando o sentimento de união que surgiu nos Estados Unidos após os ataques. O presidente voltou a afirmar que o país não estão em guerra com o islã, e destacou a parceria com o governo paquistanês para combater o terrorismo. “A justiça foi feita”, declarou Obama.

Para assistir ao pronunciamento completo de Barack Obama clique aqui.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

6 Opiniões

  1. Luiz Franco disse:

    Dois aspectos são interessantes nesse episódio:
    Primeiro, que os americanas levaram dez anos para “pegar” o Bin Laden.
    Segundo,que isso custou a vida de 1.912 soldados da coalizão e 19.629 afegãos. Sem falar a guerra paralela do Iraque, que custou a vida de 4.732 soldados da coalizão e 900 mil 388 iraquianos. Isso até ontem, hoje já morreram uns quantos, só nessa operação.
    Tres conclusões se tiram:
    Primeiro, que os americanos tem um profundo desapego à vida, principalmene se é a vida dos negros, brancos caipiras e latino-americanos, que são os que servem nas forças-armadas;
    Segundo, eles festejam como vitória algo que parece uma grande incompetência; e
    Terceiro, eles são todos uns psicopatas.

  2. Regiano disse:

    A morte de Osama bin Laden trará uma paz entre “. Pois os americanos e o mundo tem que continuarem atentos, para os suditos dele, que acredito não terão força por muito tempo. Por maior que fosse o ódio dos americano, teriam que ter deixado ele vivo para pagar por todos os crimes cometidos, pois morto não sofre nada.

  3. Adenilson Gama disse:

    O grupo Okaida têm um motivo muito grande para odiar tanto assim os EUA,é claro que o terrorismo de qualquer forma é indiscutivelmente errado…mas sabe lá tambem quantos afegãoas as tropas americanas já mataram,mulheres,crianças,idosos,jovens que não tem nada haver…isso também é terrorismo!Os americanos não tem apego a vida dos outros,na minha opinião os verdadeiros terroristas são eles…

  4. WALTER MANOCCHI disse:

    OS CORAJOSOS, PULHAS E COVARDES AMERICANOS MATARAM MAIS UM HOMEM DESARMADO DITO COMO CANALHA. ATIRA NUMA MULHER TAMBEM DERSARMADANA FRENTE DE UMA CRIAÇA, COMO PODE SER TÃO INDECENTE? VERMES, ESSE INDECENTES CRIAM COBRA E DEPOIS NÃO QUEREM SER PICADOS? BEM! MATARAM UM DITO CANALHA, POREM ESTÁ FALTANDO MATAR OUTROS CANALHAS PIORES COMO, MARGARET TATCHER, TONY BLER, SARCOSI, BELUSCONI, BUSH PAI E BUSCH FILHO,E O PROPRIO PRESIDENTE DESTA MERDA DE NAÇÃO QUE É EUA. SE ELES PENSAM QUE MATANDO BIN LADEM ELES SE LIVRAM DE MAIS ATAQUES, ESTÃO REDONDAMENTE ENGANADOS. É QUASE CERTEZA DE QUE AGORA VAI SER PIOR, E TOMARA QUE SEJA. OS OUTROS PAISES BONECOS DOS AMERICANOS, QUE SE CUIDEM , PORQUE AGORA VEM CHUMBO GROSSO. E TOMARA QUE VENHA PIOR AINDA.

  5. Mayara F. disse:

    Bem, OSAMA bin Laden está morto, FOI ASSASSINADO (JÁ ERA HORA, NÉ!). É claro que ao matar Osama, os EUA, garante a sua imagem de “PODEROSO XERIFE”, aliás esse ASSASSINATO foi ótimo para a imagem de Obama dentro dos EUA. Estou curiosa para saber o que vai acontecer com o coitado do AFEGANISTÃO que já é alvo dos EUA.

  6. Guilherme disse:

    JÁ VAI TARDE, OBAMA! TINHA QUE MORRE MESMO, CUMPADE…^^ ALÔ PRA GAUCHADA!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *