Início » Internacional » Palestinos estão usando mais armas caseiras
PALESTINOS X ISRAELENSES

Palestinos estão usando mais armas caseiras

Muitas delas são baseadas em uma submetralhadora simples da década de 1940

Palestinos estão usando mais armas caseiras
Carl Gustav, submetralhadora simples desenvolvida na Suécia na década de 1940 (Foto: Wikimedia)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Desde outubro, palestinos têm feito ataques quase que diariamente contra os israelenses, matando 34 pessoas e machucando centenas. A faca era a arma da vez. Apesar de ser difícil encontrar uma arma na Cisjordânia ocupada, os palestinos não tem permissão para portar armas. Autoridades israelenses também dizem que não há evidências de desvios em seus arsenais.

Além disso, armas de fogo modernas estão fora do alcance financeiro da maioria dos palestinos, especialmente dos jovens que estão envolvidos na chamada Terceira Intifada. Um rifle M-16 pode custar US$ 15 mil nos territórios ocupadas, o dobro da média do salário anual.

Então, os agressores estão comprando armas caseiras. Muitas delas são baseadas no Carl Gustav, uma submetralhadora simples desenvolvida na Suécia na década de 1940.

Estas armas são feitas em oficinas e usam partes de carro, partes quebradas de outras armas e sucata metálica. Uma arma dessas simples pode custar US$ 500.

O aumento de uso de armas caseiras pode sugerir algo bom: que as forças de segurança entre israelenses e palestinos ainda funcionam bem. Milícias bem armadas como o Fatah, ligado ao Tanzim estão fora da violência por ordem da liderança palestina. Só que isto também significa que os agressores estão se organizando melhor. Generais israelenses acreditam que impulsionar a economia estagnada da Cisjordânia é a melhor forma de coibir a violência.

 

Fontes:
The Economist-Deadly DIY

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. João Manuel disse:

    o Carl Gustav indicado na foto não é uma
    submetralhadora e sim uma arma anti-carro.
    A arma referendada na matéria provavelmente é uma Carl Gustav
    modelo M-45 (http://world.guns.ru/smg/swed/carl-gustaf-m45-e.html)
    Há também uma versão egipcia chamada Port Said
    Atc João Manuel

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *