Início » Internacional » Papa João Paulo II escapa de atentado em Portugal
Igreja Católica

Papa João Paulo II escapa de atentado em Portugal

O episódio aconteceu na primeira aparição pública do papa após ter sofrido um atentado na Praça de São Pedro, no Vaticano, no ano anterior

Papa João Paulo II escapa de atentado em Portugal
Os ferimentos afetaram para sempre a saúde do Papa (Reprodução/Internet)

O Papa João Paulo II foi alvo de um atentado durante uma missa na cidade de Fátima, em Portugal. No dia 12 de maio de 1982, um jovem espanhol vestido de padre tentou atacar o pontífice com um punhal que levava escondido em uma bolsa. O homem foi detido pelos seguranças do Papa.

O episódio aconteceu na primeira aparição pública do papa após ter sofrido um atentado na Praça de São Pedro, no Vaticano, no ano anterior. Nesse primeiro atentado, os seguranças não conseguiram impedir o ataque. O pontífice foi atingido por três tiros – no abdômen, no braço e na mão esquerda –, quando cumprimentava os fiéis.

Socorrido imediatamente, passou por uma cirurgia de emergência e ficou internado por 22 dias. Os ferimentos afetaram para sempre a saúde do Papa. O autor do atentado, o turco Ali Agca, foi preso. Dois anos depois, o pontífice o visitou na cadeia e o perdoou.

Na ocasião do segundo atentado, o Papa João Paulo II celebrava uma missa pelo milagre de ter sobrevivido ao atentado no Vaticano. Ao visitar o santuário de Nossa Senhora de Fátima, o pontífice deixou uma das balas que o atingiu na coroa da Virgem.

Fontes:
History-Papa João Paulo II escapa de atentado em Portugal
Terra-Atentado em 1981 abalou saúde de João Paulo II

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *