Início » Internacional » Paris tem rodízio de carros e passe livre nos transportes para combater a poluição
Poluição

Paris tem rodízio de carros e passe livre nos transportes para combater a poluição

É a terceira vez que a capital francesa faz rodízio de carros para contornar o problema da poluição na cidade

Paris tem rodízio de carros e passe livre nos transportes para combater a poluição
Cerca de 750 policiais foram despachados para cem estradas e entrocamentos cheios para multar aqueles que ignorassem as medidas (Reprodução/Francois Guillot/AFP/Getty Images)

Pela segunda vez em pouco mais de um ano, Paris colocou em vigor um rodízio de carros para banir metade dos veículos das estradas depois que uma fumaça poluente encobriu a capital francesa. A medida extraordinária só tem dois precedentes na história da  capital francesa: em 1997 e em 17 de março de 2014.

Apenas carros “limpos”, aqueles com placas terminando em número ímpar e veículos carregando mais de três pessoas podem entrar em Paris e em 22 municípios próximos nesta segunda-feira, 23, como uma tentativa de reduzir o nível de partículas poluentes emitidas por motores a diesel.

Leia também: Paris proíbe a circulação de carros na região central da cidade

Os motoristas também foram proibidos de trafegar a uma velocidade superior a 20km/h na cidade. Cerca de 750 policiais foram despachados para cem estradas e entroncamentos cheios para multar aqueles que ignorarem as medidas.

Para encorajar as pessoas a deixar seus carros em casa, o transporte público e o estacionamento são gratuitos nesta segunda-feira. Pedestres e ciclistas da cidade confirmaram que a poluição tem ficado cada vez pior nas últimas semanas.  Por várias horas, na última quarta-feira, 18, quando a poluição atingiu seu pico, a nuvem de fumaça quase obscureceu completamente os marcos famosos da cidade, incluindo a Torre Eiffel. Neste dia, o aplicativo móvel Plume Labs, que monitora níveis de poluição em 60 cidades em todo o mundo, colocou Paris como a cidade mais poluída do mundo, pior até do que Xangai, Pequim ou Déli, que normalmente estão no topo da lista.

Eficácia do rodízio

Quando o rodízio foi colocado em prática por dois dias no mesmo período do ano passado, a medida teve um impacto positivo na qualidade do ar, reduzindo as partículas poluentes, de acordo com a Airparis, que mede a poluição na capital.

A ausência de vento para dispersar os poluentes e outras condições meteorológicas, incluindo a luz do Sol, juntamente com uma queda na temperatura, faz com que cobertura de ar quente fique estagnada sobre Paris.

No entanto, a proibição de emergência provocou um desentendimento político entre a ministra da Ecologia, Ségolène Royal, e a prefeita da cidade, Anne Hidalgo. Tendo sido avisada de que era improvável que a poluição fosse embora sem medidas de emergência, Hidalgo pediu à polícia para impor a proibição de tráfego na última sexta-feira, 20. Seu pedido foi indeferido por Royal, que argumentou que era melhor convencer os parisienses a abandonar seus veículos e apanhar o transporte público do que tomar “decisões precipitadas” como emitir proibições que não eram uma solução de longo prazo.

Depois de uma discussão pública, em grande parte ocorrida nas redes sociais, a ministra concordou com a proibição, mas não sem acusar Hidalgo de não ter uma “política real de transportes” para lidar com o problema da poluição.

 

Fontes:
The Guardian-Paris smog forces authorities to get tough on traffic

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *