Início » Internacional » Passa de 500 o número de casos de cólera em Moçambique
CICLONE IDAI

Passa de 500 o número de casos de cólera em Moçambique

Surto da doença avançou após a passagem do ciclone Idai pelo país. Caso não seja tratado, o paciente pode morrer em poucas horas

Passa de 500 o número de casos de cólera em Moçambique
Ciclone Idai deixou um rastro de destruição em Moçambique, Zimbábue e Malaui (Fonte: Reprodução/Programa Mundial de Alimentos (PMA))

O diretor de Assistência Médica de Moçambique, Ussene Isse, informou neste domingo, 31, que o número de casos de cólera na cidade de Beira chegou a 517.

De acordo com Isse, que foi citado pela agência de notícias Reuters, uma pessoa morreu por causa da doença. Trata-se da primeira morte confirmada por cólera dentro de unidades de saúde do país desde a passagem do ciclone Idai, que atingiu o solo em Moçambique no dia 14 de março, deixando um rastro de mortes e destruição no país e também em Malaui e Zimbábue.

O número de mortos após a passagem do ciclone Idai nos três países já chegou a 815.

O cólera é transmitido pela água ou comida contaminada por fezes que contenham a bactéria que provoca a doença. Entre os sintomas estão diarreia forte e taquicardia. Caso não seja tratado, o paciente pode morrer em poucas horas.

A Organização Mundial de Saúde acredita que 900 mil doses da vacina contra a doença cheguem nesta segunda-feira, 1, em Moçambique.

Leia também: Países afetados por ciclone Idai aguardam ajuda


Fontes:
G1 - Moçambique registra mais de 500 casos de cólera após passagem do ciclone Idai

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *