Início » Internacional » Pentágono aprova US$ 3,6 bilhões para construção de muro
ESTADOS UNIDOS

Pentágono aprova US$ 3,6 bilhões para construção de muro

Cifra será desviada de 127 projetos do Pentágono. Muro na fronteira com o México é uma das promessas de campanha de Trump

Pentágono aprova US$ 3,6 bilhões para construção de muro
Lideranças do Partido Democrata prometem contestar decisão (Foto: Shealah Craighead/White House)

O Pentágono vai adiar ou suspender 127 projetos para desviar os respectivos fundos para a construção do muro na fronteira com o México. O desvio de US$ 3,6 bilhões foi autorizado pelo secretário de Defesa, Mark Esper, na última terça-feira, 3.

O muro na fronteira dos EUA com o México foi uma das principais promessas de campanha do presidente Donald Trump. À medida que a corrida para as próximas eleições presidenciais se intensifica, Trump passou a pressionar para garantir a construção do muro. Em fevereiro, o presidente dos EUA chegou a declarar emergência nacional pela construção do muro.

Ainda não foi revelado quais projetos serão impactados para a construção do muro. Autoridades do Pentágono estão notificando representantes do Congresso para, mais tarde, revelarem quais projetos foram adiados ou suspensos.

O dinheiro autorizado por Esper será empregado em novas construções, reforços e substituições de cercas já existentes nas áreas do Arizona, Novo México e Texas – estados que fazem fronteira com o México.

A informação do dinheiro desviado para a construção do muro, porém, não foi bem aceita pelas principais autoridades do Partido Democrata no Congresso, que prometem contestar a medida. Chuck Schumer, líder dos democratas no Senado, classificou o desvio como um “tapa na cara dos membros das Forças Armadas”.

@realDonaldTrump está disposto a canibalizar o financiamento militar já alocado para impulsionar seu próprio ego, e por um muro que prometeu que o México pagaria para construir”, destacou Schumer, relembrando que Trump havia prometido que o México pagaria pela obra.

Já a presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, a democrata Nancy Pelosi, divulgou um comunicado no qual promete que a Câmara vai “continuar a contestar essa decisão inaceitável”, prometendo levar a oposição à Justiça. Para Pelosi, o desvio de verbas de outros projetos é uma “decisão irresponsável”.

“O cancelamento de projetos de construção militar em território nacional e no exterior prejudicará nossa segurança nacional e a qualidade de vida e moral de nossas tropas, tornando os EUA menos seguros. O presidente diz que está construindo o muro por razões de segurança nacional, mas os EUA devem tratar das causas profundas da migração nos países de origem. […] Essa decisão sem sentido só piorará as causas subjacentes da migração”, escreveu Pelosi em um comunicado.

Fontes:
DW-Pentágono aprova US$ 3,6 bilhões para construção de muro
The New York Times-Pentagon to Divert Money From 127 Projects to Pay for Trump’s Border Wall

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *