Início » Economia » Perda bilionária gera suspeitas sobre o JPMorgan Chase
Negócios

Perda bilionária gera suspeitas sobre o JPMorgan Chase

Negociações do banco estão sendo investigadas por comissão do governo

Perda bilionária gera suspeitas sobre o JPMorgan Chase
Jamie Dimon, chefe do JPMorgan Chase, reconheceu a existência de 'erros' nos negócios do banco (Rep./Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Reguladores estão investigando possíveis violações a direitos civis em torno da perda de US$ 2 bilhões que o JPMorgan Chase divulgou nesta quinta-feira, 10, levantando dúvidas sobre as atividades comerciais no maior banco dos Estados Unidos.

A Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (S.E.C.) abriu recentemente uma investigação preliminar sobre as práticas contábeis e as divulgações públicas sobre os negócios do banco. Reguladores souberam das atividades em abril, e abriram um inquérito formalmente nos últimos dias, disseram as fontes.

O inquérito, que está sendo executado fora de Nova York, provavelmente examinará os últimos documentos oficiais do banco sobre a unidade interna responsável pelas negociações, bem como recentes declarações dos principais executivos da empresa.

Na quinta-feira, o JPMorgan Chase revelou que o grupo tinha sofrido perdas significativas, o que poderia custar US$ 2 bilhões ou mais à empresa. “Erros flagrantes foram cometidos”, declarou o executivo-chefe do banco, Jamie Dimon, que antes havia se referido ás preocupações com os negócios do banco como “uma tempestade em copo d’água”.

Um caminho importante para a investigação do S.E.C., disseram as fontes, são os métodos de contabilidade da empresa relativos aos negócios. Os investigadores poderiam manter um olhar mais atento sobre uma medida conhecida como valor em risco. A companhia divulgou no início deste ano que mudou a forma como calcula a métrica, o que pode ter mascarado alguns dos riscos em torno deste negócio. Em uma teleconferência nesta quinta-feira, Dimon disse que a empresa tinha voltado à velha maneira de medir o valor em risco. A investigação está em um estágio inicial, e ninguém do JPMorgan Chase foi acusado de qualquer delito. O banco e a S.E.C. não comentaram o assunto.

A perda surge no momento em que legisladores colocam os toques finais nas novas regulamentações do setor, incluindo a chamada Regra Volcker, que proíbe os bancos de fazerem apostas com seu próprio dinheiro. Os bancos, incluindo o JPMorgan Chase, vêm contestando algumas das regras, afirmando que elas irão prejudicar os mercados e a economia. Mas a divulgação do banco na quinta-feira poderia dar mais munição aos que defendem reformas nos bancárias.

“A enorme perda que o JPMorgan anunciou é apenas a mais recente evidência de que o que os bancos chamam de ‘hedge’ são muitas vezes apostas arriscadas que os bancos conhecidos por serem ‘grandes demais para quebrar” não têm porque fazer “, afirmou o senador democrata Carl Levin, de Michigan.

Fontes:
DealBook - S.E.C. Opens Investigation Into JPMorgan’s $2 Billion Loss

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *