Início » Internacional » Pioneiro do coração artificial criticado por anúncio de remédio
Polêmica

Pioneiro do coração artificial criticado por anúncio de remédio

Jarvik é médico, mas não é cardiologista, e críticos questionam sua qualificação para indicar remédios na TV

O médico Robert Jarvik, que há mais de 25 anos desenvolveu o primeiro coração artificial, viveu na obscuridade até dois anos atrás. Foi quando começou a aparecer em anúncios na televisão fazendo propaganda do remédio Lipitor, contra o colesterol.

A campanha do Lipitor é um raro exemplo de um médico bem conhecido recomendando um remédio em um anúncio publicitário. Isto vem ajudando a reacender um debate sobre se é adequado fazer anúncios direcionados para os consumidores de remédios que precisam de receita. Em alguns dos anúncios, Jarvik aparece dizendo que ele próprio toma o remédio.

Embora Jarvik detenha o grau de médico, ele não é cardiologista e não está licenciado para exercer a medicina. Com isto, os críticos questionam sobre o que o qualifica para recomendar o Lipitor na televisão.

Fontes:
NY Times - Drug Ads Raise Questions for Heart Pioneer

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *