Início » Internacional » Plantações de coca voltam a crescer na Colômbia
Drogas

Plantações de coca voltam a crescer na Colômbia

Pesquisa feita pela Casa Branca com imagens de satélite mostra que plantações cresceram 39% entre 2013 e 2014

Plantações de coca voltam a crescer na Colômbia
Planta de coca é a base da produção da cocaína. Advogado acusa os EUA de usar pesquisa pra pressionar o governo colombiano (Foto: Reprodução/Internet)

A quantidade de terra na Colômbia usada para o plantio de coca, planta base da produção de cocaína, cresceu de forma significativa no último ano, de acordo com uma pesquisa anual feita pelo governo dos Estados Unidos.

As informações foram divulgadas no site do Escritório Nacional da Política de Controle de Drogas da Casa Branca esta semana, alguns dias após o ministro da Saúde da Colômbia pedir a proibição de um herbicida que é o centro de uma campanha americana para erradicar o cultivo de coca no país sul-americano.

O governo colombiano está em processo de negociações de paz com a maior guerrilha do país, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), que usa o tráfico de drogas para financiar suas atividades. Os dois lados chegaram a um acordo preliminar pra combater o tráfico e a expansão das plantações de coca de forma conjunta.

Um estudo anual conduzido pela Casa Branca, que usa imagens de satélite e outros dados, estimou que houve um aumento de 39% nas dimensões das plantações de coca, de 79 mil hectares em 2013 para 110 mil hectares em 2014.

Essa foi a primeira vez que a pesquisa demonstrou um aumento das plantações. Nos últimos anos, sempre houve estabilidade ou queda nos números. Em 2007, o cultivo de coca ocupava 165 mil hectares e foi decrescendo até atingir a marca de 77 mil hectares, em 2012. O site do escritório americano de política antidrogas disse que o aumento pode ser resultado de vários fatores, “incluindo aumento do cultivo em áreas fora dos limites da utilização do herbicida”.

Pesquisa seria forma de pressionar a Colômbia

O advogado do centro de pesquisa Washington Office on Latin America, Adam Isacson, criticou o momento da divulgação do estudo. De acordo com ele, essa é uma forma de pressionar o governo colombiano no momento da decisão a favor ou contra a pulverização do herbicida.

“Acho que o governo dos EUA está trabalhando duro para influenciar a decisão de suspender o programa de fumigação. Eles o veem como uma ferramenta chave, e eles não querem desistir dele”, disse o advogado.

Segundo Isacson, muitos especialistas acreditam que a redução no plantio de coca ao longo dos anos se deve à migração de muitos camponeses para a mineração ilegal de ouro, enquanto o preço do minério estava alto. Agora que os preços caíram, eles estão retornando.

Fontes:
New York Times-More Land in Colombia Used to Grow Coca, U.S. Says

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *