Início » Internacional » Polícia britânica encontra 39 corpos em caminhão
REINO UNIDO

Polícia britânica encontra 39 corpos em caminhão

Autoridades tentam identificar as vítimas, que seriam 38 adultos e um adolescente, mas temem que o processo possa demorar

Polícia britânica encontra 39 corpos em caminhão
Uma investigação para apurar os fatos foi aberta (Foto: Essex Police/Facebook)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Autoridades do Reino Unido encontraram 39 corpos dentro de um caminhão da Bulgária, que estava no parque industrial de Waterglade, ao leste de Londres, nesta quarta-feira, 23. Uma investigação de assassinato foi aberta.

O motorista de 25 anos, da Irlanda do Norte, foi preso por suspeita de assassinato. Autoridades tentam identificar as vítimas, que seriam 38 adultos e um adolescente, mas temem que o processo possa demorar. Acredita-se que o caminhão tenha chegado ao Reino Unido através da cidade de Holyhead, no País de Gales.

“Este é um trágico incidente em que um grande número de pessoas perdeu a vida. Nossas perguntas estão em andamento para estabelecer o que aconteceu. Estamos no processo de identificação das vítimas. No entanto, prevejo que esse possa ser um processo demorado”, afirmou o superintendente-chefe da polícia de Essex, Andrew Mariner.

Através das redes sociais, o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, lamentou as vítimas perdidas. Ademais, o premier garantiu que as autoridades estão trabalhando para entender o que exatamente aconteceu.

“Estou chocado com este trágico incidente em Essex. Estou recebendo atualizações regulares e o Ministério do Interior trabalhará em estreita colaboração com a Polícia de Essex, para estabelecermos exatamente o que aconteceu. Meus pensamentos estão com todos aqueles que perderam suas vidas e seus entes queridos”, escreveu Johnson.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *