Início » Internacional » Polícia mata irmãos terroristas em Paris
terror em paris

Polícia mata irmãos terroristas em Paris

Em ação simultânea, policia mata os irmãos Cherif e Said Kouachi que estavam refugiados em uma fábrica, e outro terrorista ligado a eles que mantinham reféns em mercado judeu

Polícia mata irmãos terroristas em Paris
Agentes invadiram a fábrica usando bombas para atordoar os terroristas (Reprodução/Internet)

Após uma intensa troca de tiros, a polícia matou nesta sexta-feira, 9, os irmãos Cherif e Said Kouachi, responsáveis pelo ataque ao jornal francês Charlie Hebdo. Segundo a imprensa local, a ação foi muito rápida e bem sucedida.

Os irmãos refugiados dentro de uma gráfica na região de Dammartin-en-Goêle, em Seine-et-Marne, no norte da França. Eles mantinham um refém que, segundo a imprensa local, foi libertado pelas forças de segurança. Segundo o jornal Globo, a refém foi identificada como Lilian, de 27 anos. Mas na verdade, ela teria se escondido no local.

Segundo informações da imprensa francesa, os agentes invadiram a fábrica usando bombas para atordoar os terroristas, que responderam com rajadas de tiros. Após um intenso tiroteio, os irmãos foram mortos.

A polícia também matou Amedy Coulibaly, amigo dos irmãos Kouachi que invadiram uma mercado de comida judaica, fazendo pelo menos cinco pessoas de reféns. Ainda não se sabe o que aconteceu com sua comparsa Hayat Boumeddiene. A televisão francesa mostrou imagens de pessoas saindo correndo do supermercado no leste de Paris. Segundo, o jornal Globo quatro pessoas estariam em estado crítico. A imprensa francesa diz que nem todos os reféns do mercado comida judaica sobreviveram. Entretanto, o número de mortos ainda não foi confirmado, segundo o Guardian.

O presidente francês François Hollande fará um discurso à nação às 20h (16h em Brasília). No domingo, haverá uma passeata em homenagem as vítimas do ataque ao jornal Charlie Hebdo com diversos representantes políticos, como o presidente do governo espanhol, Mariano Rajoy, o primeiro-ministro britânico, David Cameron, e a chanceler alemã, Angela Merkel.

Fontes:
O Globo-Polícia faz cerco a suspeitos no Norte da França e em Paris
The Guardian-Charlie Hebdo suspects killed and some hostages freed in French police raids
Reuters-Suspeitos de ataque a jornal são mortos por forças de segurança na França
A Bola-David Cameron e Mariano Rajoy vão participar na manifestação em Paris

5 Opiniões

  1. LBJ disse:

    Adalberto, tá com peninha deles? leva alguns para casa. TERRORISTA TEM QUE MORRER MESMO E SEM JULGAMENTO. Entre eles coloca a pessoa de joelho e mete um tiro na nuca desta pessoa. Vai perdoar estes mxxxxx?

  2. adalberto s. oliveira disse:

    a muito tempo antes de cristo, para a pena de morte, a pena de talião usava o codigo de amurabe que era o famoso olho por olho dente por dente,mas mesmo naquela epoca tão distante o acusado era preso e julgado perante todos, e não executado a revelia.

  3. adalberto s. oliveira disse:

    na inquisição era bruxa,
    hoje é terrorista.

  4. Orlando Paggiaro disse:

    Sem comentários. Matou tem que ser morto também.

  5. DINARTE disse:

    SÓ ASSIM A FRANÇA VAI REPENSAR A SUA POLÍTICA EXTERNA. DEVIA DEIXAR DE RECONHECER O ESTADO TERRORISTA DA PALESTINA, AFINAL AL KAEDA , HAMAS, HESBOLÁ TODOS SEM EXCESSÃO REPRESENTAM O ESTADO ISLÂMICO.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *