Início » Internacional » Deputados chilenos derrubam proibição total ao aborto
CHILE

Deputados chilenos derrubam proibição total ao aborto

Câmera dos Deputados toma decisão histórica a favor do aborto em casos específicos, mas proposta ainda precisa da aprovação do Senado

Deputados chilenos derrubam proibição total ao aborto
Câmara dos Deputados do Chile (Foto: Wikimedia)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A Câmara dos Deputados chilena aprovou uma proposta que permite o aborto em caso de estupro, risco de vida à mãe, ou quando o feto é inviável. Apesar de ser predominantemente católico, o Chile permitiu o aborto em caso de risco à mãe ou ao feto até 1989. Mas a prática foi banida pelo general Augusto Pinochet em seu governo militar.  Agora, a proposta, aprovada pela Câmara, pode dar um novo rumo a política do aborto no país.

O texto precisa da aprovação do Senado para se tornar lei. Pesquisas de opinião mostram que a maioria do chilenos aprova a medida. O governo de Michelle Bachelet, que apresentou a proposta há 14 meses, fez de tudo para conseguir o apoio de alguns membros dos conservadores Democratas Cristãos.

O Chile é um dos sete países da América Latina que têm proibição total contra o aborto. Os outros seis são: El Salvador, República Dominicana, Haiti, Honduras, Nicarágua e Suriname.

Fontes:
BBC-Chile lawmakers lift abortion ban introduced by Pinochet
G1-Deputados do Chile aprovam aborto em caso de estupro e risco para a mãe

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *