Início » Internacional » Por que tantos acidentes aéreos acontecem na Indonésia?
Palco de tragédias aéreas

Por que tantos acidentes aéreos acontecem na Indonésia?

O nível de segurança das linhas aéreas da Indonésia é o mais baixo desde 2009. Corrupção e falta de mão de obra especializada podem ser as causas

Por que tantos acidentes aéreos acontecem na Indonésia?
Pilotos, controladores aéreos e mecânicos de aviação sofrem com a baixa remuneração (Foto: Wikipedia)

No último domingo, 16, a Indonésia foi palco de um trágico acidente: um avião com 54 pessoas a bordo caiu na região de Papua, uma das mais remotas províncias do país. A queda, no entanto, foi apenas mais uma na lista de acidentes aéreos na Indonésia, país que tem a quarta maior população do mundo.

Em julho, um avião militar com 122 pessoas a bordo caiu na cidade de Medan, uma das maiores do país. Em dezembro do ano passado, um avião que partiu de Surabaya, no norte do país, rumo a Cingapura caiu logo após decolar, matando 162 pessoas.

O nível de segurança das linhas aéreas da Indonésia é o mais baixo desde 2009, quando a União Europa proibiu todos os aviões do país de sobrevoar o território de todos os membros do bloco.

Mas por que tantos acidentes aéreos acontecem na Indonésia? A resposta compreende a geografia, a política e a economia local. O arquipélago indonésio se estende por cerca de 4.000 Km ao sul do oceano Pacífico. A estradas do país têm péssimas condições e as linhas ferroviárias são quase inexistentes. Logo, o avião é o melhor meio de deslocamento.

Após duas décadas de robusto crescimento econômico, milhões de indonésios migraram para a classe média, tornando a viagem de avião mais acessível. Porém, apesar de ter se livrado da ditadura em 1998, a Indonésia não conseguiu acabar com o problema da corrupção endêmica, que afeta vários setores do país, entre eles, o de aviação.

Segundo Joshua Kurlantzick, especialista em sudeste asiático da Council on Foreign Relations, pilotos, controladores aéreos e mecânicos de aviação sofrem com a baixa remuneração e qualificação. Para piorar, o governo indonésio reluta em permitir que agentes internacionais participem das missões de busca em casos de acidentes aéreos no país. “Talvez por que o governo teme expor a incompetência dos reguladores e controladores aéreos do país”, diz Kurlantzick, ao Atlantic.

No domingo, Beni Sumaryanto, porta-voz da Trigana Airlines, empresa aérea indonésia dona do avião que caiu, disse que o acidente foi causado por más condições climáticas. Mas, para uma empresa que já coleciona 14 grandes acidentes desde 1991, essa é uma desculpa pouco provável.

Fontes:
The Atlantic-Why Indonesia Has So Many Plane Crashes

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *