Início » Internacional » Prefeito é criticado por alarmismo sobre nevasca
Nova Iorque

Prefeito é criticado por alarmismo sobre nevasca

Expectativa de uma meganevasca levou moradores de Nova Iorque a estocarem comida e água

Prefeito é criticado por alarmismo sobre nevasca
Nevasca que atingiu Nova Iorque foi bem menor do que a prevista (Fonte: Reprodução/Reuters)

O prefeito de Nova Iorque foi criticado por supostamente ter exagerado nas previsões sobre a tempestade Juno que atingiu o Nordeste dos EUA.

Com base em indicações de meteorologistas, Bill de Blasio chegou a alertar a população de Nova Iorque para a “maior nevasca da história”. Nesta terça-feira, 27, o prefeito rebateu as críticas, afirmando que foi “melhor se precaver do que se arrepender”.

A expectativa de uma meganevasca levou moradores de Nova Iorque a estocarem comida e água. A dimensão do fenômeno climático, no entanto, foi inferior à prevista pelos meteorologistas.

Mas a tempestade atingiu com força outras cidades do nordeste dos EUA, como Massachusetts. Após fortes nevascas, a neve chegou a 67 cm. A imprensa local informou que milhares de pessoas estão sem energia elétrica.

Os alertas para a cidade de Nova Iorque já foram suspensos, e alguns transportes públicos voltaram a funcionar. No Central Park a neve chegou a 13 cm.

Alguns estados norte-americanos chegaram a declarar estado de emergência na última segunda-feira, 26, após meteorologistas terem previsto até 90 cm de neve em decorrência da tempestade Juno.

Um total de 7,5 mil voos foram cancelados na Costa Leste dos EUA. As escolas continuam fechadas e o funcionamento do transporte público deve começar a voltar ao normal nesta quarta-feira, 28.

Apesar de a tempestade ter sido menos severa do que se esperava, autoridades recomendam que moradores não viagem a menos que seja estritamente necessário, uma vez que as estradas ainda estão perigosas.

Fontes:
G1 - Prefeito de Nova York rebate críticas sobre meganevasca que não ocorreu

1 Opinião

  1. olbe disse:

    As pessoas nunca estão satisfeitas. Se a nevasca tivesse sido muito forte e pessoas morressem e carros ficassem danificados, eles iam reclamar que o prefeito não avisou. Se ele foi comunicado por quem entende e fez o alerta para poupar as pessoas também está sendo criticado?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *