Início » Cultura » Arquitetura » Prêmio Pritzker homenageia arquiteto dedicado ao trabalho humanitário
Shigeru Ban

Prêmio Pritzker homenageia arquiteto dedicado ao trabalho humanitário

Trabalhos de Shigeru Ban têm como foco o uso de materiais baratos e recicláveis – em particular papel – para projetos em regiões de crise

Prêmio Pritzker homenageia arquiteto dedicado ao trabalho humanitário
Ban é renomado por projetos de design voltados para auxiliar pessoas em áreas de crises humanitárias (Reprodução/Reuters)

Shigeru Ban é o 38º vencedor do prêmio anual Pritzker, a premiação mais prestigiosa do mundo da arquitetura. Ban, sétimo arquiteto japonês a receber a honraria, é renomado por projetos de design voltados para auxiliar pessoas em áreas de crises humanitárias. Seu foco no uso de materiais baratos e recicláveis – em particular papel – permite que ele desenhe abrigos que podem ser montados facilmente com o uso de produtos disponíveis localmente.

Agora com 56 anos, ele abriu o seu escritório em Tóquio em 1985 e se envolveu com trabalhos em regiões de crise após viajar para Ruanda em 1994 para ajudar a ONU a conceber e construir abrigos; sendo que nas duas décadas seguintes voltou com frequência a regiões problemáticas. Em 1995, por exemplo, ele projetou casas para refugiados que perderam suas casas após o terremoto de Kobe, as quais podiam ser construídas com tubos de papelão montados sobre uma fundação de engradados de cerveja cheios de areia. Após a onda gigante do Oceano Índico em 2004, ele criou projetos para casas simples de argila e madeira para substituir aquelas destruídas no Sri Lanka. Sete anos depois, após a onda gigante do Japão, ele concebeu um sistema simples de divisórias para separar as famílias nos grandes centros de refugiados. E, em uma escala grandiosa, usou os rolos de papelão que são a sua marca no projeto de uma catedral contemporânea em Christchurch após a original ter sido danificada por um terremoto em 2011.

Ban também faz projetos em outras áreas, mas foi o seu trabalho humanitário que lhe valeu o prêmio. O texto do júri do prêmio Pritzker afirma que o objetivo da premiação é “reconhecer arquitetos vivos pela excelência de obras construídas e pela contribuição significante e consistente à humanidade”.

Fontes:
The Economist-Paper tiger

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *