Início » Vida » Ciência » Prêmios que incentivam as inovações tecnológicas
incentivo às ideias

Prêmios que incentivam as inovações tecnológicas

A XPRIZE Foundation, uma grande incentivadora de projetos de inovação tecnológica, reuniu centenas de CEOs e filantropos na Califórnia para discutir a criação de novos prêmios

Prêmios que incentivam as inovações tecnológicas
Embora alguns achem que o entusiasmo dos criadores do XPRIZE tenha diminuído, o sonho continua (Foto: Wikipedia)

Do Longitude Prize concedido pelo Parlamento do Reino Unido em 1714, como reconhecimento à descoberta de um instrumento para localizar a posição dos navios em alto-mar, ao Orteig Prize, oferecido ao aviador que fez a primeira travessia direta do oceano Atlântico em 1919, a concessão de prêmios às iniciativas inovadoras ou projetos tecnológicos teve uma história notável. Esses prêmios não atraíram mais o interesse depois da Segunda Guerra Mundial, até 1996 quando Peter Diamandis, um engenheiro e empresário, anunciou a criação do prêmio XPRIZE no valor de US$10 milhões, para o lançamento de uma nave espacial tripulada reutilizável. O incentivo às ideias inovadoras recomeçara.

Nos dias 7 e 8 de maio, a XPRIZE Foundation, uma grande incentivadora de projetos de inovação tecnológica, reuniu centenas de CEOs, filantropos e pessoas envolvidas em iniciativas pioneiras em Rancho Palos Verdes, Califórnia, no workshop anual “Visioneering”, para discutir a criação de novos prêmios. Embora alguns achem que o entusiasmo dos criadores do XPRIZE tenha diminuído (os funcionários estão insatisfeitos com a administração da fundação, mas Robert Weiss, seu presidente, prometeu que tomaria as providências necessárias para solucionar os problemas), o sonho continua.

Este ano a lista sucinta de projetos incluiu prêmios destinados à criação de uma inteligência artificial “capaz de agregar sabedoria coletiva”, à descoberta de um meio de “triagem e processamento de 95% do lixo dos aterros sanitários de uma forma rentável e imediata”, e à invenção de uma tecnologia para reduzir em 70% a quantidade de água usada por hectare na agricultura. O projeto vencedor foi a ideia de ajudar refugiados com a criação de abrigos provisórios para fornecer água potável, eletricidade e saneamento adequado, com a duração de pelo menos seis meses.

A Mojave Aerospace Ventures, uma empresa da Califórnia, foi o primeiro vencedor do XPRIZE após oito anos do anúncio da criação do prêmio. Em seguida, Mojave licenciou sua tecnologia para a Virgin Galactic, que pretendia criar uma empresa de voos suborbitais turísticos. Mas a história posterior da iniciativa da Virgin Galactic mostrou que nem sempre uma tecnologia de ponta tem sucesso comercial. Um acidente fatal no ano passado, com a nave espacial SpaceShip Two durante um voo de teste, frustou as expectativas da empresa.

Porém outros vencedores do XPRIZE foram mais bem-sucedidos. A Elastec/American Marine, uma empresa de Illinois, ganhou US$1 milhão em 2011 com o trabalho de limpeza do petróleo derramado no mar, com uma eficiência três vezes maior do que seu melhor desempenho anterior. A partir dessa experiência bem-sucedida a Elastec/American Marine lançou um produto baseado nessa tecnologia.

Um prêmio de eficiência de combustível no valor de US$5 milhões foi concedido em 2010 a Edison2, uma empresa da Virgínia, pelo projeto de um carro seguro, barato e de fácil fabricação, que poderia fazer mais de 42,5 km por litro de combustível. O sucesso do empreendimento resultou da criação de um sistema inovador de suspensão.

Fontes:
The Economist-The X-files

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *