Início » Internacional » Presidente das Filipinas pede que civis matem traficantes
POLÊMICA NAS FILIPINAS

Presidente das Filipinas pede que civis matem traficantes

O linha-dura foi eleito mesmo com um discurso radical

Presidente das Filipinas pede que civis matem traficantes
Não é a primeira vez que o presidente é alvo de polêmica (Foto: Youtube)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O novo presidente linha-dura das Filipinas, Rodrigo Duterte, seguindo seu discurso radical, pediu nesta quinta-feira, 30, durante um pronunciamento à nação, que civis ajudem a matar viciados em drogas. Não é a primeira vez que Duterte causa alvoroço com declarações polêmicas e politicamente incorretas.

“A todos vocês que andam com drogas, a vocês filhos do diabo, a verdade é que vou matá-los”, ele disse, quando ainda era apenas candidato à presidência das Filipinas. Outra situação polêmica em que esteve envolvido foi quando fez piada com o estupro de uma missionária australiana. Jaqueline Hamil foi sequestrada e feita refém em 1989, quando houve uma rebelião na prisão onde trabalhava. Todas as mulheres presentes no local foram estupradas. “Entre elas estava essa missionária australiana. E quando vi seu rosto, pensei: ‘M#@$. Que lástima! A estupraram e fizeram fila para isso, foi terrível. Era tão bonita… O prefeito deveria ter sido o primeiro!”, sendo que ele era o prefeito na época.

Enquanto fazia uma visita a uma favela em Manila, ele avisou para a multidão não entrar na onda das drogas. “Eu estou avisando, não entrem nessa, mesmo se você for um policial, porque eu vou matar você.”

Duterte é um advogado que ganhou reputação sendo uma figura autoritária como prefeito de Davao. Segundo ele, os problemas que as Filipinas enfrentam têm a ver com a falta de fé da população em seus antigos líderes políticos.

Durante a visita, ele disse que vai dar ordens aos serviços de segurança para matar e que vai oferecer prêmios por corpos de traficantes. E então pediu para que civis matassem suspeitos.

“Se você souber de algum viciado, vá em frente e mate-o, já  que para seus pais isso seria muito doloroso”, disse.

Duterte tem sido acusado por ter relação com “esquadrões da morte” em Davao, que segundo grupos de direitos humanos, foram responsáveis por matar mais de mil pessoas.

Depois que foi eleito presidente, Duterte ainda mandou um recado nada amistoso para as Nações Unidas. “F$%#-se as Nações Unidas, vocês não resolvem nem a carnificina no Oriente Médio… Não levantaram nem um dedo na África com a matança dos negros. Calem a boca todos vocês”.

 

Fontes:
The Guardian-Philippines president Rodrigo Duterte urges people to kill drug addicts
G1-O polêmico linha-dura que ganhou eleição presidencial nas Filipinas prometendo ‘matar traficantes’

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. Borgonzolo disse:

    É O QUE ESTÁ FALTANDO NO BRASIL:CORAGEM DE NOSSAS AUTORIDADES PARA MATAR TRAFICANTES.

  2. Dilson Sangos disse:

    O que você faz com um tumor em seu corpo, você deixa crescer ou procura extirpar?

  3. Luciano Conceição da Paz disse:

    Isso é o reflexo,da intolerância.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *