Início » Internacional » Presidente do Zimbábue condena safári “branco” enquanto come carne de elefante bebê
Safáris

Presidente do Zimbábue condena safári “branco” enquanto come carne de elefante bebê

Em sua festa de aniversário de 91 anos, Robert Mugabe ganha “troféu” de leão

Presidente do Zimbábue condena safári “branco” enquanto come carne de elefante bebê
O presidente e sua esposa Grace Mugabe na festa (Reprodução/Philimon Bulawayo/Reuters)

O aniversário do presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, é marcado pelo que há de mais fino. Suas festas de aniversário não são para milhares, mas para dezenas de milhares. E eles não comem carne de elefante, mas de elefante bebê. A festa custou US$1 milhão e foi realizada no fim de semana passado.

Leia mais: Festa de aniversário de Mugabe vai custar quase 1 milhão de dólares
Leia mais: Mugabe pode enfim deixar o poder?
Leia mais: Mugabe toma terras de fazendeiros brancos

Um fazendeiro local, chamado Tendai Musasa, deu de aniversário para Mugabe dois elefantes e um “troféu” de leão. Para o consumo geral, Musasa também levou dois búfalos, dois antílopes e cinco impalas. “Nós consideramos ele como nosso pai”, disse Musasa para o Los Angeles Times.  “O nosso provedor, o nosso herói. Nós o consideramos como um homem muito corajoso.”

O líder está no poder há 35 anos e é amplamente criticado. Anos atrás, ele instituiu em uma política violenta e controversa de redistribuição de terras, além de ter um histórico de políticas econômicas desastrosas.

No sábado, quando milhares de convidados de Mugabe entraram no Elephant Hills Hotel, um hotel de luxo, em Victoria Falls, para uma noite de festa, figuras locais da oposição condenaram a festa como uma “comemoração obscena”. Afinal, grande parte do país vive à margem da existência.

Mas Mugabe não iria deixar que isso estragasse o seu dia. Apenas um problema grave – como, digamos, uma queda desajeitada, fotografada em circunstâncias hilariantes e divulgada, como quando ele tropeçou no carpete no início de fevereiro – poderia conseguir algo parecido.

Então Mugabe, durante um banquete de animais exóticos variados, criticou safaris. “Zimbábue tem muitos safaris, mas muito poucos são africanos”, disse o líder, de acordo com a Associated Press. “A maioria é de propriedade de brancos. Em nossa região, temos o maior número de safaris e animais. Mas nós não estamos indo para invadir essas florestas. ”

Mugabe continua: Os Estados Unidos “não podem ter as duas coisas. (…) Eles não podem dizer que ‘permitem que o nosso povo visite, permitem que o nosso povo tenha safaris,’ para matar nossos leões e levar os troféus do safari para os EUA. ”

Os convidados, de acordo com relatos, concordaram com a posição de Mugabe de comer carne de elefante, e também se recusaram a “invadir” florestas. “Avante com o presidente Mugabe”, gritaram.

 

Fontes:
The Washington Post-Zimbabwe’s Mugabe condemns ‘white’ safaris, eats baby elephant at birthday bash

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *