Início » Internacional » Presidente egípcio descarta renúncia
Discurso na TV

Presidente egípcio descarta renúncia

Mohamed Mursi reafirmou sua 'legitimidade constitucional' e disse que está disposto a sacrificar a própria vida para defender o cargo

Presidente egípcio descarta renúncia
Protesto na Praça Tahrir (Fonte: Reprodução/AP)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O presidente do Egito, Mohamed Mursi, disse nesta terça-feira, 2, que não vai renunciar ao cargo, reafirmando sua “legitimidade constitucional”. A afirmação foi feita durante um pronunciamento na TV estatal.

Leia também: Crise no Egito se agrava com renúncia de ministros
Leia também: Presidente egípcio rejeita ultimato do Exército

Mursi pediu ainda que o Exército retire o ultimato que lhe foi imposto, exigindo que ele atenda as reivindicações do povo. O prazo dado pelos militares termina nesta quarta-feira, 3, às 12h (horário de Brasília).

Mais protestos

O discurso de Mohamed Mursi foi seguido de protestos contra e a favor do seu governo. O presidente egípcio afirmou que está disposto a sacrificar a própria vida para defender o cargo.

Um porta-voz do grupo opositor Frente da Salvação Nacional disse que o discurso do presidente significou uma “declaração de guerra civil”. O Exército ressaltou que está pronto para “sacrificar o sangue” pelo povo do país “para defendê-los contra qualquer terrorista”.

Fontes:
Terra - Presidente egípcio reafirma 'legitimidade' e pede que Exército retire ultimato
G1 - Confrontos deixam três mortos após discurso de presidente egípcio

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *