Início » Internacional » Previsão de mais chuvas preocupa autoridades peruanas
INUNDAÇÕES

Previsão de mais chuvas preocupa autoridades peruanas

Premier alertou que é provável que os deslizamentos de terra continuem nesta semana

Previsão de mais chuvas preocupa autoridades peruanas
Precipitações vão se intensificar durante esta semana, segundo as previsões (Fonte: Reprodução/Reuters)

As chuvas torrenciais que atingem o Peru, provocando inundações e avalanches de lama, já causaram 75 mortes, deixaram 263 feridos e 20 desaparecidos, além de 100 mil desalojados e 12 mil casas destruídas. Mais de 630 mil pessoas foram afetadas no país desde dezembro. A previsão é de mais chuvas, o que deve agravar a crise no país.

Leia também: Inundações no Peru deixam mais de 60 mortos

Autoridades começaram a distribuir neste domingo, 19, mais de duas mil toneladas de produtos provenientes de ajuda humanitária.

De acordo com o Serviço de Meteorologia e Hidrologia (Senamhi) do Peru, as precipitações vão se intensificar durante esta semana, principalmente nas regiões do litoral norte do país.

O premier peruano, Fernando Zavala, alertou neste domingo que esta semana deve ser “complicada. É muito provável que continuemos a ter deslizamentos de terras”.

As aulas foram canceladas na capital Lima até pelo menos a próxima quarta-feira, 22, por ordem do Ministério da Educação.

A distribuição de ajuda humanitária no país é feita a partir de Lima, por via aérea e marítima, uma vez que a principal via terrestre que percorre a costa peruana está muito danificada.

As cheias, transbordamento de rios e deslizamentos de terras já destruíram centenas de pontes, segundo o primeiro vice-presidente do Peru e ministro dos Transportes e Comunicações, Martín Vizcarra.

As chuvas intensas que atingem o país são as piores registradas nas últimas duas décadas.

Fontes:
Diário de Notícias - Mais chuvas ameaçam agravar inundações. Já há 75 mortos

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *