Início » Economia » Primeiro-ministro grego entrega nova proposta de resgate financeiro
Crise na Grécia

Primeiro-ministro grego entrega nova proposta de resgate financeiro

Alexis Tsipras não definiu valores na proposta, mas se comprometeu a reformar até a próxima semana o sistema tributário e previdenciário do país

Primeiro-ministro grego entrega nova proposta de resgate financeiro
Tsipras garantiu que será capaz de responder às exigências dos credores, sem ignorar os apelos da população grega (Foto: Wikipedia)

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, entregou nesta quarta-feira, 8, uma nova proposta de resgate financeiro ao país, prevista para durar três anos. A Grécia precisa de um resgate de 50 bilhões de euros para superar a crise financeira que assola o país.

O plano de Tsipras foi apresentado após líderes da zona do euro darem um ultimato a Tsipras, exigindo uma nova proposta até o fim do próximo domingo, 12. Tsipras não definiu valores na proposta apresentada, mas mostrou comprometimento aos credores ao prometer reformar até a próxima semana o sistema tributário e previdenciário do país.

As duas mudanças prometidas por Tsipras são os principais pontos de impasse para a concessão do resgate financeiro. O governo grego disse que até o próximo domingo dará mais detalhes das reformas que serão implementadas.

Ministros das finanças de todos os 19 países que compõem a zona do euro montaram uma espécie de força tarefa para discutir a questão, o que será feito via teleconferência ainda nesta quarta-feira.

Tsipras garantiu que será capaz de responder às exigências dos credores, sem ignorar os apelos da população grega expressos no referendo do último domingo, 5. “Meu país se tornou um laboratório de medidas de austeridade. Essa experiência não tem sido bem sucedida. Queremos um acordo com nossos vizinhos, um que sinalize o fim da crise”.

Em entrevista dada nesta quarta-feira, a uma rádio francesa, o líder do conselho do Banco Central Europeu (BCE), Christian Noyer, afirmou que o órgão não pode continuar assumindo riscos para apoiar bancos gregos e que o próximo domingo é o limite para um novo plano de resgate.

“O Banco Central Europeu não pode continuar tomando riscos indefinidamente para apoiar os bancos gregos. A economia grega está à beira de um colapso, é absolutamente necessário um novo plano de resgate até domingo. É o prazo final, depois disso será tarde demais”, disse Noyer.

Fontes:
Financial Times-Greece requests 3-year bailout and promises reforms within days

1 Opinião

  1. Ludwig Von Drake disse:

    É o pobre querendo determinar ao rico, os critérios da esmola.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *