Início » Internacional » Primeiro táxi sem motorista é lançado em Cingapura
TECNOLOGIA

Primeiro táxi sem motorista é lançado em Cingapura

Veículo teste foi às ruas dias antes do gigante concorrente Uber lançar o seu próprio

Primeiro táxi sem motorista é lançado em Cingapura
Modelo está em testes em um pequeno distrito comercial para usuários seletos (Foto: Divulgação/nuTonomy)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Na última quinta-feira, 25, Cingapura se tornou o primeiro país no mundo a lançar um serviço de táxis de auto-condução, com uma tecnologia que pode revolucionar a indústria do transporte.

O experimento da empresa nuTonomy, apesar de pequeno, ilustra o quão intensa é a corrida global para desenvolver veículos sem motorista. O campo é tradicionalmente dominado por gigantes como Uber – que deve lançar seu próprio carro teste nas ruas em breve – e Google.

A empresa, fundada por dois pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, lançou o carro teste no pequeno distrito comercial em Cinagupra, chamado one-north, um espaço no modelo de campus, dominado por empresas de tecnologia e biotecnologia. Outras empresas, como a gigante chinesa Baidu, vêm testando carros sem motorista há anos, mas esta é a primeira vez que os veículos estão disponíveis ao público.

“Eu acho que Uber é um Golias, e nós temos que mostrar que a nossa tecnologia funciona e está amadurecendo o suficiente para ser viável para o mercado”, disse Doug Parker, diretor de operações da nuTonomy. “Estamos em uma corrida tecnológica, e acho que vão existir alguns vencedores.”

Os veículos teste das empresa vão contar com um engenheiro e um motorista humano durante a fase de testes, caso algo dê errado, e podem ser chamados por membros seletos usando um aplicativo para smartphone.

Fontes:
The Wall Street Journal-World’s First Self-Driving Taxis Hit the Road in Singapore

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *