Início » Internacional » Prisão de estudante negro eleva tensão racial nos EUA
Jovem foi ferido

Prisão de estudante negro eleva tensão racial nos EUA

De acordo com os registros, Martese Johnson foi preso porque os policiais o consideraram 'muito agitado e beligerante'

Prisão de estudante negro eleva tensão racial nos EUA
Jovem estuda na Universidade da Virginia (Fonte: Reprodução/AP)

Uma nova polêmica envolvendo policiais e um jovem negro nos EUA eleva a tensão racial no país. Martese Johnson, de 20 anos, que é estudante da Universidade da Virgínia, foi detido na madrugada da última quarta-feira, 18, do lado de fora de um pub em Charlottesville e sofreu ferimentos na cabeça.

Estudantes que também estavam no local registraram o incidente. Nas imagens, o jovem negro aparece com o rosto coberto de sangue e chama os policiais de “racistas” enquanto era algemado.

Os policiais, que fazem parte do órgão estadual de controle de bebidas alcoólicas, dizem que responderam a um chamado por “desordem, envolvendo uma multidão depois de um incidente”. De acordo com os registros, Martese Johnson foi preso porque os policiais o consideraram “muito agitado e beligerante”. Não há explicações sobre o seu ferimento na cabeça.

O governador da Virgínia, Terry McAuliffe, pediu à secretaria de segurança pública que seja realizada uma “investigação independente sobre o uso da força”.

O episódio provocou protestos no campus da universidade e ruas adjacentes. Centenas de manifestantes participaram da manifestação. O jovem Martese Johnson não tem antecedentes criminais.

Fontes:
G1 - Polícia fere jovem negro em ação e eleva tensão racial nos EUA

3 Opiniões

  1. Renato Fregapani disse:

    Ouvi de um policial que disse que prende vários pessoas regularmente. Mas quando prende um negro tem que ouvir ilações sobre racismo. Ele sugere que as guarnições tem que ter pelo menos um policial negro para prender os negros e livrar a Polícia da pecha de racista.

  2. Miguel disse:

    Esse cara delira.

  3. Roberto1776 disse:

    Certamente é mais uma encenação de cripto terroristas negros para incitar o ódio interracial.
    O próprio fenômeno obama explica essa onda de violência encenada à força pelas lideranças negro-terroristas americanas, de esquerda como não poderia deixar de ser.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *