Início » Internacional » Procurador-geral pede bloqueio de bens de Guaidó
VENEZUELA

Procurador-geral pede bloqueio de bens de Guaidó

Tareck William Saab quer que o presidente interino também seja impedido de deixar o país

Procurador-geral pede bloqueio de bens de Guaidó
Guaidó se autoproclamou presidente interino da Venezuela no último dia 23 (Fonte: Reprodução/Redes Sociais/Agência Brasil)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O procurador-geral da Venezuela, Tareck William Saab, quer que o presidente interino Juan Guaidó deixe o país e também tenha as suas contas bancárias congeladas.

Em pedido ao Tribunal Superior de Justiça nesta terça-feira, 29, Saab afirma que Guaidó, que se autoproclamou presidente interino da Venezuela no último dia 23, é responsável por atos ocorridos no país que “prejudicaram a paz da República, a economia e o patrimônio nacional”. Ainda de acordo com o procurador-geral, Guaidó será investigado.

Ainda o procurador, o MP deve iniciar uma investigação preliminar contra Guaidó. Ao se autoproclamar presidente interino, Guaidó prometeu anistia aos militares que deixarem de apoiar o presidente Nicolás Maduro, melhorar a qualidade de vida na Venezuela e ainda restabelecer a democracia e a liberdade.

Maduro reagiu à medida, ressaltando que ele é quem ocupa a Presidência da República. Alguns países, como Brasil, EUA e Israel, apoiaram Guaidó.

A Organização das Nações Unidas (ONU) está preocupada com o aumento da tensão na Venezuela. De acordo com a entidade, 5 mil pessoas deixam o país diariamente.

Fontes:
EBC - MP pede proibição de Guaidó sair da Venezuela e bloqueio de bens

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *