Início » Vida » Comportamento » Propaganda da Yves Saint Laurent é proibida por magreza de modelo
Polêmica na moda

Propaganda da Yves Saint Laurent é proibida por magreza de modelo

O uso de modelos muito magras tem estado em análise nos últimos anos, com muitos críticos reclamando que isso pode prejudicar a autoestima de meninas e mulheres

Uma propaganda da companhia Yves Saint Laurent (YSL) foi banida pela agência de regulação de publicidade britânica por usar uma modelo que parecia estar extremamente magra. A partir de uma reclamação de um leitor, a Advertising Standards Authority (ASA) censurou o anúncio, que trazia uma mulher com as costelas visíveis e proeminentes na revista Elle.

Leia mais: Até que ponto o padrão de beleza influencia os jovens?
Leia mais: Israel proíbe desfile de modelos muito magras
Leia mais: Retoques digitais: Improbabilidade física

O leitor disse que o anúncio era “irresponsável” por usar uma modelo tão magra. Já a ASA disse, nesta quarta-feira, 3, que a pose da modelo e a iluminação destacavam seu tórax. Além das costelas visíveis e proeminentes, suas coxas e joelhos pareciam ter a mesma largura.

A ASA disse que a YSL “indicou que eles não concordavam com a visão do leitor de que a magreza da modelo não era saudável”, mas não deu uma resposta detalhada. Tanto Yves Saint Laurent como a Elle do Reino Unido se recusaram a comentar a decisão.

O uso de modelos muito magras tem estado em análise nos últimos anos, com muitos críticos reclamando que isso pode prejudicar a autoestima de meninas e mulheres, por conta da promoção de ideais irreais e nada saudáveis.

Uma petição iniciada por um blogueiro de Los Angeles instigou a YSL a parar de usar modelos muito magras em seus anúncios. O documento contou com pelo menos 50 mil assinaturas no ano passado. Apesar de os holofotes estarem sob a companhia, o anúncio da YSL é apenas um de vários que já que foram proibidos pela ASA por conta de magreza extrema.

Fontes:
The Guardian-Yves Saint Laurent ad banned for using 'unhealthily underweight' model
BBC-Anúncio com modelo magra demais é proibido por agência reguladora britânica

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *