Início » Internacional » ‘Protestos em Nova York foram pacíficos e construtivos’, diz Obama
Contra o racismo

‘Protestos em Nova York foram pacíficos e construtivos’, diz Obama

Presidente americano disse ainda que está em contato com o prefeito novaiorquino, Bill de Blasio, que é casado com uma negra e teme pela segurança dos filhos

‘Protestos em Nova York foram pacíficos e construtivos’, diz Obama
Obama cumprimentou o prefeito de NY pelas palavras durante o protesto (Reprodução/El País)

Os protestos que tomaram conta das ruas de Nova York e de Washington pela morte por estrangulamento de Eric Garner, um homem negro, por um policial branco, foram classificados pelo presidente Barack Obama como “construtivos”. Outras cidades também se manifestaram contra a decisão de um júri de não indiciar o policial.

Obama disse ainda que está em contato com o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, que é casado com uma mulher negra e tem dois filhos adolescentes afrodescendentes. O presidente afirmou que os protestos foram pacíficos e cumprimentos Blasio por suas palavras durante as manifestações. “Muitos americanos sentem uma profunda injustiça quando se trata da lacuna entre os nossos ideias e como as leis são aplicadas no cotidiano”, afirmou Obama.

O presidente completou, evitando se aprofundar  nos detalhes da morte de Garner, que é importante que se construa confiança entre a comunidade e a polícia.

Prefeito de Nova York diz temer por seu filho negro

Durante os protestos o prefeito de Nova York disse que a morte de Garner o faz temer pela segurança de seu filho, Dante, que desde que entrou na adolescência recebeu conselhos para tomar maiores cuidados ao sair sozinho e à noite. Dante foi ainda uma figura decisiva nas eleições de Nova York. Com seu cabelo estilo “black power” fez um vídeo caseiro durante a campanha de seu pai que virou febre na internet e angariou muitos votos para Blasio.

blasio

O presidente do sindicato dos policiais de Nova York criticou as declarações de Blasio e disse que a polícia estava preocupada em manter a ordem durante as manifestações, enquanto o prefeito procurava os microfones para chamar atenção com a história de sua família “jogando os policiais debaixo de um ônibus”.

Fontes:
O Globo - prefeito de NY teme pelo filho negro
Estadão - Obama diz que protestos foram construtivos

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *