Início » Internacional » Protestos pró-democracia em Hong Kong desafiam a China
China

Protestos pró-democracia em Hong Kong desafiam a China

Movimento foi motivado pela resolução do governo chinês que lhe permite vetar candidatos para as eleições do governo de Hong Kong, previstas para 2017

Protestos pró-democracia em Hong Kong desafiam a China
Estudantes vão às ruas e pedem mais democracia (Reprodução/ Reuters)

Hong Kong vive dias de tensão. Milhares de manifestantes foram às ruas pedindo mais democracia, o que é visto como um dos maiores desafios de Pequim desde os protestos na Praça da Paz Celestial, em 1989.

O movimento é organizado pela Federação de Estudantes de Hong Kong e conta com o apoio do Occupy Central. Os manifestantes estão protestando desde a última sexta-feira, 26.

De acordo com a polícia, 148 pessoas foram presas no último fim de semana. O movimento foi motivado pela resolução do governo chinês que lhe permite vetar candidatos para as eleições do governo de Hong Kong, que ocorrerão em 2017. Os habitantes da região protestam pelo direito de eleger o governo de forma direta.

Nas primeiras horas desta segunda-feira, 29, a polícia precisou usar gás lacrimogêneo para dispersar a multidão no distrito financeiro e nas ruas próximas à sede do governo local. Os manifestantes entraram em conflito com a tropa de choque. Segundo a agência de notícias Reuters, o governo chinês teme que o movimento se espalhe por outras cidades do país.

Fontes:
BBC - Protestos pró-democracia desafiam Pequim
Reuters - Ativistas de Hong Kong desafiam bombas de gás da polícia e protestos se espalham

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *