Início » Internacional » Pyongyang entregou aos EUA restos mortais de 200 soldados
GUERRA DA COREIA

Pyongyang entregou aos EUA restos mortais de 200 soldados

Medida foi acordada entre Washington e Pyongyang durante as negociações realizadas em Cingapura

Pyongyang entregou aos EUA restos mortais de 200 soldados
Estima-se que mais de 36 mil militares americanos morreram na Guerra da Coreia e mais de 7 mil desapareceram (Fonte: Reprodução/CC0/Pixabay)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Em comício em Duluth, Minnesota, nesta quarta-feira, 20, o presidente americano, Donald Trump, anunciou que a Coreia do Norte entregou os restos mortais de 200 soldados da Guerra da Coreia (1950-1953).

“Recuperamos nossos heróis caídos. De fato, hoje já devolveram 200”, disse Trump, que não deu, no entanto, mais detalhes sobre como a entrega foi feita ou se os restos mortais já estão nos EUA.

A medida foi acordada entre Washington e Pyongyang durante as negociações realizadas em Cingapura.

Em entrevista à emissora Fox News na semana passada, o presidente Donald Trump já havia anunciado o início dos trâmites para a devolução dos restos mortais de soldados americanos.

Estima-se que mais de 36 mil militares americanos morreram na Guerra da Coreia e mais de 7 mil desapareceram. Entre 1996 e 2005 os  restos mortais de 229 soldados foram recuperados por equipes conjuntas dos EUA e da Coreia do Norte. O programa, no entanto, foi suspenso por causa da deterioração das relações entre Washington e Pyongyang. Em 2007 foram devolvidos os restos mortais de outros sete soldados americanos.

De acordo com fontes do Pentágono, os restos mortais entregues por Pyongyang nesta nova etapa de negociação serão levados para instalações militares dos EUA para serem identificados.

Fontes:
G1 - Trump anuncia que Coreia do Norte entregou restos mortais de 200 soldados

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *