Início » Internacional » Quatro em cada cinco sírios vivem na miséria, de acordo com a ONU
Crise na Síria

Quatro em cada cinco sírios vivem na miséria, de acordo com a ONU

O secretário-geral da entidade, Ban Ki-moon, afirmou que esse é o problema humanitário mais grave da atualidade

Quatro em cada cinco sírios vivem na miséria, de acordo com a ONU
ONU espera arrecadar ajuda humanitária durante conferência no Kuwait (Foto: Reprodução/O Globo)

Quatro em cada cinco sírios vivem em situação de pobreza extrema ou miséria, afirmou o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, nesta terça-feira, 31, em uma conferência de doadores internacionais no Kuwait. De acordo com o diplomata, atualmente, essa é a crise humanitária mais grave no mundo.

“Quatro em cada cinco sírios vivem na pobreza, na miséria e com privações. O país perdeu quase quatro décadas de desenvolvimento humano. Quase metade dos homens, mulheres e crianças deste país se viram obrigados a fugir de suas casas”, explicou.

Ao todo, mais de 215 mil pessoas morreram desde março de 2011 no país devido à guerra. Além deles, 10 milhões estão refugiados ou foram deslocados de suas residências, número que equivale a quase metade da população do país, que é de 23 milhões.

Na conferência de doadores, a ONU pediu aos 78 ministros das Relações Exteriores lá reunidos um esforço para solucionar o problema. Especialistas acreditam que é possível arrecadar US$ 8,4 bilhões em um ano. O Kuwait anunciou doação de US$ 500 milhões.

 

Fontes:
O Globo-ONU: Quatro em cada cinco sírios vivem na pobreza e na miséria

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *