Início » Vida » Ciência » Quem foi Vera Rubin?
CIÊNCIA

Quem foi Vera Rubin?

Astrofísica que confirmou a existência da matéria escura morreu no último domingo. Ao longo de sua carreira, ela teve de lutar contra o machismo

Quem foi Vera Rubin?
Vera Rubin trabalhando no Observatório Lowell em Flagstaff, no Arizona, em 1965 (Foto: Carnegie Institution)

É possível que o nome Vera Rubin não seja familiar, mas provavelmente você já ouviu falar em matéria escura. No último domingo, 25, morreu, aos 88 anos, a astrofísica Vera Rubin, que foi a responsável por confirmar a existência da matéria escura.

Vera Rubin começou a estudar os centros galácticos no início da década de 1960, junto com seu colega Kent Ford. Eles estudaram a distribuição de massa da galáxia de Andrômeda e, para surpresa dos dois, descobriram que as velocidades de órbitas das estrelas não seguiam a Teoria de Newton. Eles observaram que as estrelas que estavam distantes do centro eram tão rápidas quanto as mais próximas.

Na década seguinte, ao analisar outras galáxias, Rubin descobriu que existia algo além da massa visível que era responsável pelo movimento das estrelas. O que ficou conhecido como “matéria escura” é um material que não emite luz e tem entre cinco e dez vezes mais massa do que a galáxia luminosa. Em 1933, o astrofísico suíço Fritz Zwicky, já havia falado sobre a existência deste material. Mas apenas com a descoberta de Rubin, isto pôde ser confirmado.

Em 1996, Rubin foi a primeira mulher a receber a Medalha de Ouro da Sociedade Real Astronômica depois de Caroline Hershel, premiada em 1828.

Ao longo de sua vida, Rubin teve que lidar com o sexismo. Ela não foi aceita no programa de astronomia da Universidade de Princeton, porque apenas homens eram permitidos. Ela se formou nas universidades Cornell e de Georgetown, e foi uma defensora dos direitos das mulheres. Rubin contou ao físico Alan Lightman que no início de sua carreira, um homem se ofereceu para apresentar uma de suas pesquisas em uma conferência no nome dele. Rubin disse não.

Apesar de seu trabalho ter sido fundamental em sua área, ela não recebeu o Prêmio Nobel. Até hoje, apenas duas mulheres receberam o Prêmio Nobel de Física: Marie Curie em 1903 e Maria Goeppert-Mayer, em 1963. Um caso polêmico foi o da astrofísica Jocelyn Bell, que não recebeu o prêmio pela descoberta dos pulsares. Seu orientador Anthony Hewish recebeu o prêmio pela mesma descoberta em 1974 junto com o astrônomo Martin Ryle.

Fontes:
Quartz-How Vera Rubin overcame sexism and invented a whole field of scientific study
Revista Galileu-Morre Vera Rubin, astrofísica que confirmou a existência da matéria escura
Isto É-Morre Vera Rubin, a astrônoma que confirmou existência da matéria escura

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *