Início » Internacional » Reino Unido enfrentará falta de alimentos, remédios e combustível em Brexit sem acordo
SAÍDA DA UE

Reino Unido enfrentará falta de alimentos, remédios e combustível em Brexit sem acordo

Premier britânico promete deixar UE em 31 de outubro

Reino Unido enfrentará falta de alimentos, remédios e combustível em Brexit sem acordo
Ministro afirmou que documentos divulgados não refletem o preparo atual do governo britânico (Fonte: Reprodução/Pixabay)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Documentos oficiais publicados neste domingo, 18, pelo jornal Sunday Times apontam que o Brexit sem acordo, isto é, a saída do Reino Unido da União Europeia (UE) sem um acordo de transição, levará a escassez de alimentos, remédios e combustível.

Logo após a divulgação, a interpretação dos documentos foi contestada por ministros britânicos.

O Sunday Times apresentou um panorama de portos congestionados, manifestações e problemas generalizados, e ressaltou que as previsões do governo não apontam para as piores consequências possíveis, o que, por sua vez, foi rebatido pelo ministro responsável pelos preparativos do “no-deal Brexit” (sem acordo de transição com a UE), Michael Gove.

Os documentos divulgados pelo jornal revelam ainda que até 85% dos caminhões que atravessam o Canal da Mancha “podem não estar preparados” para os procedimentos alfandegários da França. Isso resultaria em problemas nos portos que poderiam durar até três meses.

Em declaração à imprensa, o ministro Michael Gove afirmou que os documentos divulgados eram antigos e não refletem o preparo atual do governo britânico. “O governo está bem mais preparado agora do que estava no passado, e é também importante as pessoas reconhecerem que o que está sendo descrito nesses documentos é enfaticamente a pior possibilidade de cenário”, ressaltou Gove.

O gabinete do premier Boris Johnson, que promete deixar o bloco em 31 de outubro, com ou sem um acordo, não quis comentar o assunto.

Fontes:
G1 - Reino Unido pode enfrentar falta de comida, combustível e remédios, diz documento

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Roberto Henry Ebelt disse:

    Tudo indica que o Brexit só pode ser uma BOA opção a Grã-Bretanha. O UK pode sofre um pouco por causa da Irlanda do Norte, que insiste em fazer parte da Grã-Bretanha, mas isso já está sendo estudado. Desde o início, a Inglaterra, como líder da Grã-Bretanha, não derreteu a libra esterlina, o que já facilita o divórcio. O terror que desenham para a Inglaterra é PERFEITAMENTE compatível com o desejo da UE de que o Brexit não aconteça.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *