Início » Internacional » Reino Unido quer proibir os canudos de plástico
MEIO AMBIENTE

Reino Unido quer proibir os canudos de plástico

Medida visa eliminar o desperdício de plástico, que prejudica a vida marinha. Estima-se que 8,5 bilhões de canudos são jogados fora por ano no Reino Unido

Reino Unido quer proibir os canudos de plástico
A proibição faz parte de um plano ambiental de 25 anos para eliminar o desperdício de plástico evitável (Foto: Pixabay)

O Reino Unido quer proibir a venda de canudos e mexedores de plástico que poluem os mares e rios do país. A proibição vai passar por uma consulta ainda este ano.

O secretário do Meio Ambiente britânico, Michael Gove, disse que é vital agir agora para eliminar os canudos. Estima-se que 8,5 bilhões de canudos são jogados fora a cada ano no Reino Unido.

A proibição, que também inclui cotonetes de plástico, vai foi anunciada no Encontro de Chefes de Governo da Commonwealth, na última quinta-feira, 19. “Nós já proibimos os microplásticos e reduzimos o uso das sacolas de plástico, agora queremos fazer algo em relação aos canudos, mexedores e cotonetes para ajudar a proteger nossa vida marinha”, disse Gove.

Segundo a proposta, a venda destes itens será proibida na Inglaterra como parte do plano ambiental de 25 anos para eliminar o desperdício de plástico evitável.

No encontro da Commonwealth, a primeira-ministra Theresa May vai pedir que os países assinem a Aliança da Commonwealth para Limpar os Oceanos, proibindo microplásticos, reduzindo o uso de sacolas plásticas ou tomando outras atitudes. Além disso, o governo vai destinar 61,4 milhões de libras para impulsionar a pesquisa mundial e ajudar outros países a parar com o desperdício de plástico. Também há planos para começar um esquema de retorno, no qual o consumidor recebe dinheiro em troca de embalagens recicláveis de bebidas.

 

Leia também: Os vários problemas dos oceanos de plástico
Leia também: UE quer que todo o plástico seja reciclável até 2030

Fontes:
Independent-UK to ban sale of plastic straws and drinks stirrers that blight the country’s seas and rivers, ministers say

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *